Posted by: JPP | 13/06/2009

LIVROS DE QUATRO GERAÇÕES (OS PRIMEIROS 10)

Durante 2008. fui publicando no Abrupto cerca de cem notas (mais exactamente 97, mas completarei as cem) sobre os livros da biblioteca que quatro gerações da família Pacheco Pereira foram juntando com o tempo. Esses livros conheceram muitas casas, muitas vicissitudes, mas sobreviveram  a más condições de armazenamento, humidade, insectos, inundações, transportes, cuidados e negligências,  heranças, roubos, e mil e uma ameaças  diversas que parecem perseguir os livros quando são muitos. Estão na posse de duas gerações da família, em mais do que uma localidade e em várias casas, pelo que ainda constituem várias bibliotecas e não uma só. Transportam, como todas as grandes bibliotecas (no seu conjunto devem estar próximos de 150.000 títulos) , as identidades dos que as fizeram. Por exemplo, o meu avô coleccionava, vá-se lá saber por que razão, todas as edições que encontrava da Viagem de Telémaco de Fénelon, da Manon Lescaut do Abade Prévost e do Paulo e Virgínia de  Bernardin de Saint-Pierre. Outras idiossincrasias para aqui andam, incluindo as minhas, pelo que resolvi republicar aqui esta série, com pequenas alterações, em grupos de dez.

x

Clique para aumentar.

(1)

(Louis-Mayeul Chaudon), Le chronologiste manuel, pour servir d’introduction au Géographe Manuel… Nouvelle édition revue, corrigée & augmentée, Paris Le Jay 1770

(2)

x
x
Bernardin de Saint-Pierre, Paul et Virginie, Paris,  Chez Deterville, Libraire, 1816.
z
(3)

Redouble donc tes infortunes,
Sort, foutu sort, plein de rigueur ;
Ce n’est qu’à des âmes communes
À qui tu peux foutre malheur :
Mais la mienne que le vit d’un carme,
Se ris des maux présents, passés :
Qu’on m’importe ? mon vit me reste ;
Je bande, je fous, c’est assez.

x

Alexis Piron, Œuvres Badines, Paris, 1807.

(4)

C. R. Darwin, Journal of researches into the natural history and geology of the various countries visited by H.M.S. Beagle etc. Londres, Thomas Nelson, 1890

(5)

Oeuvres complètes de Buffon …, Paris,Chez Lecointe, 1830-32.

(6)

Do Papa / pelo conde Joseph de Maistre, vertido do francês por Francisco Candido de Mendonça e Mello, Bibliotheca da religião catholica, Lisboa, Typ. de Lucas Evangelista, 1845.

(7)

José de São Cyrillo Carneiro, Carta, e resposta sobre o Odio dos inimigos francezes, e sobre o ornato das mulheres, occasionadas por hum sermão, que se prégou na Igreja de S. Paulo da Cidade de Lisboa no primeiro de Janeiro de 1811, e publicadas por hum intimo amigo . . ., Lisboa, Impressão Regia, 1811.

(8)

Charles Nodier, La Seine et ses bords,  Paris, 1836.

(9)

P.-J. de Béranger, Oeuvres complètes de P.-J. de Béranger, contenant les dix chansons nouvelles. … Paris, Perrotin, 1856

(10)

Alfred de Musset, Premiéres Poésies: 1829 à 1835, Paris, Charpentier Libraire éditeur, 1859.


Deixar uma resposta

Categorias