NOVO PONTO DE RECOLHA DO EPHEMERA NA SOCIEDADE RECREATIVA OPERÁRIA DE SANTARÉM

O ARQUIVO EPHEMERA e a Sociedade Recreativa Operária de Santarém estabeleceram um acordo de colaboração mútua, passando assim o arquivo a ter um ponto de recolha em Santarém na sede social, no horário habitual de funionamento da associação. Em contrapartida, apoiamos as suas actividades,  incluindo a Sociedade no percurso das exposições, conferências e debates por nós organizados, assim como o desenvolvimento de actividades próprias conformes aos interesses dos seus associados.

A Sociedade Recreativa Operária é uma instiuição centenária que passa por um momento de revitalização do seu trabalho. Agradecemos à sua Direcção o empenho neste acordo, que será de mútuo benefício.

Está prevista para 23 de Janeiro (data a confirmar) uma conversa aberta ao público sobre o EPHEMERA e a memória histórica.

ANEXO:

A Sociedade Recreativa Operária, fundada em 1915, foi, inicialmente, designada de Fraternidade Operária de Instrução e Recreio e, em 1923, passou a chamar-se Grémio Recreativo Operário, até que, em 1939, alterou a sua designação para a atual, desconhecendo-se o motivo que despoletou tais alterações.

Esta Sociedade foi criada com o intuito de orientar as suas atividades culturais, de promoção social e cívica para os operários, tendo o seu Grupo de Teatro, cuja estreia datou de 27 de Novembro de 1916, desempenhado um importante papel na época. No entanto, nos finais da década de cinquenta e nos inícios da década de sessenta do século XX, as incompatibilidades com o regime fascista vigente levaram-no à extinção.

Na década de sessenta, a Sociedade Recreativa Operária abriu as suas portas a uma juventude irrequieta, ávida de novidades que a fizesse esquecer os problemas que se viviam, nessa época, em Portugal (crises estudantis e Guerra Colonial).

Depois do 25 de Abril de 1974, esta coletividade voltou-se, exclusivamente, para a organização de festas, romarias e bailaricos e, nos anos 80 do século passado, surgiu o projeto das Danças de Salão, que tantos êxitos tem dado à Sociedade.

Este Grupo de Danças de Salão (Dança Desportiva) surgiu fruto do programa televisivo Zig Zag, em 1984/1985. Em 1988, foi criada a primeira secção de Dança de Salão da coletividade. Nesse mesmo ano, no dia 29 de Julho, os dançarinos da Sociedade Recreativa Operária atuaram no Encerramento do 21º Torneio Futebol Salão 88 do G.F.E.C., tendo-se destacado com uma exibição de grande qualidade. Esta secção tem obtido, ao longo dos anos, títulos importantes que dignificam a coletividade e toda a freguesia.  

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta