Posted by: JPP | 26/09/2009

ENTRADAS: LIVROS E BROCHURAS DO ESTADO NOVO

Mais livros e brochuras adquiridos na Companhia dos Livros em Tomar.

Livros do Estado Novo – política

Document (63) Document (51)

João de Almeida, Nacionalismo e Estado Novo, Lisboa, Bertrand, 1932.

Elmano Vieira, O Presidente Carmona na Madeira. Dez horas maravilhosas da História Insular, Funchal, Tip. Esperança, 1942.

Livros do Estado Novo – sobre o problema das colónias:

Document (6) Document (64) Document (65)

Document (54) Document (58) Document (46)Document (55)

Bastos Martins, Tempo de Falar. Diário da Invasão de Goa, Lisboa : Casa Portuguesa, [1962?] .

João de Castro Osório, Necessidade e Sentido de um Universidade Colonial, Edições Descobrimentos,

Vasco Carmo,  Reportório Alfabético C.O.I.C.P., Luanda , Imprensa Nacional, 1934.

Miguel Artur Murupa, Perspectivas da África portuguesa : a construção de uma nação multirracial, Lisboa, Edições do Autor, 1973.

A Visita do Presidente do Conselho ao Ultramar Vista Por Jornalistas Portugueses, Secretaria de Estado da Informação e Turismo, 1969.

Gonçalo Mesquitela, Um ano de combate (“Comentários do dia” ao microfone do Rádio Clube de Moçambique, de 2-2-1961 a 20-3-1962), Lourenço Marques, Artes Gráficas, [1962?]

Luiz da Cunha Gonçalves, O imposto colonial Separata da Revista Portuguesa Colonial e Marítima. 1906.


Responses

  1. Ilustre Prof. Dr. Pacheco Pereira

    Gostava de levar ao seu conhecimento o ultimo assunto desconhecido do Estado da India Portuguesa: á rendição dum forte – Simbor, após a queda da India já se ter processado.
    É um assunto interessante que V.ª Ex.ª como historiador poderia explorar e dar a conhecer ao público, enquanto ainda existir ( existirá? ) alguém vivo que conheça o assunto e tenha feito parte dos ultimos 12 que lá estiveram. Junto com Angediva e o abandono de S. João Batista de Ajudá devem ser assuntos muito interessantes.

    Simbor

  2. Caro Dr. JPP:
    Reparo que comprou alguns livros na COMPANHIA DOS LIVROS de Tomar e alguns deles ligados directamente à problemática das ex-colónias e guerra colonial.
    Em relação ao livro de Miguel Murrupa, de referir que este dissidente da FRELIMO alcançou um elevado posto nas relações internacionais antes de abraçar a política colonial de Caetano e de Jorge Jardim e que mesmo assim é uma voz a considerar na questão da luta de libertação de Moçambique, tendo sido ouvido pela RTP na série A GUERRA.
    Há entrevistas dele à comunicação social internacional e de Moçambique com declarações e revelações importantes sobre a luta interna qapós o assassinato de Mondlane e o triunvirato Uria Simango, Marcelino e Samora.
    O livro dedicado à visita de Marcelo Caetano às ex-colónias em princípios da década de setenta é tb ele interessante pq além das fotografias da época, tem textos muito elucidativos da posição da classe jornalística de então.
    Foram pois boas compras.
    Antes desta aquisição, tive ocasião de estar consigo à entrada do Mercado Municipal, em plena campqanha eleitoral autárquica, na comitiva social democrata.
    Cumprimentos,
    Casimiro Serra


Deixar uma resposta

Categorias