EM CONSTRUÇÃO

 

TÍTULOIMAGEMCONTEÚDOBIOORGGEONATUREZA / DIMENSÃOPUBLICAÇÕESORIGEMDATA DE ENTRADANOTAS
“AMORZINHO” – CORRESPONDÊNCIA ENTRE ALFREDO E MARIA DE LOURDESDLOCAL: ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 4 (DISPENSA)
ABECASIS, Nuno KrusPequeno grupo de papéis e documentos pessoais, correspondência enviada e recebida.

Ver CDS DE LISBOA – 1987
P
ABREU, Judite Mendes de (1916 -2007. Proprietária da empresa do Teatro Avenida e professora do ensino particular. Activista na oposição à ditadura, foi membro do MUD, do Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas e da Comissão Nacional de Socorro aos Presos Políticos. Depois do 25 de Abril, ligou-se ao PS, tendo exercido vários cargos públicos. Foi Presidente da Comissão Administrativa da Câmara da Figueira da Foz e Presidente da Câmara Municipal de Coimbra.) ESPÓLIO MAURÍCIO PINTO / JUDITE MENDES DE ABREU
ABRUNHOSA, Maria José(Arquitecta, militante estudantil e política, antes e depois do 25 de Abril, trabalhou na Câmara Municipal da Guarda e mais tarde como profissional liberal na mesma região. Colaboradora da imprensa local. Morreu em 1999, sendo-lhe feito um pequeno monumento na Guarda em sua memória.)
PAPÉIS DE MARIA JOSÉ ABRUNHOSA
Oferecido pela família._ARQUIVO - ESCOLA - 1ºA - SALA 4 (DISPENSA)
ADMINISTRAÇÃO COLONIALP,DAdquirido.
ÁFRICA HOJE Fotografias
ÁLBUM DE AGUARELAS DO INÍCIO DO SÉCULO XX
ALMEIDA, José Carlos Ferreira de Espólio de José Carlos Ferreira de Almeida (1934-2009), um dos fundadores da sociologia moderna em Portugal, com uma extensa carreira cívica e profissional. O espólio representa um importante repositório de toda uma vida pessoal e profissional, passada em França e em Portugal, cobrindo cerca de 15 metros lineares, com destaque para os materiais ligados à história da emigraçãoAdquirido.
ALMEIDA, Júlio / ALMEIDA, Armando JorgeEspólio dos jornalistas Armando Jorge de Almeida (1918-1992) e de seu pai, Júlio de Almeida (1890-1966)Oferecido pela família.
ALMEIDA, PEDRO RAMOS DE Biblioteca e papíes
ALTAMIRA, RAFAEL
AMADOR, JOÃO REINALDO FERREIRA O espólio consiste numa considerável biblioteca, muito rica em livros sobre as colónias, em particular Angola, cobrindo a etnografia, antropologia e a geografia social da colónia, e numa massa considerável de documentos, relatórios, recortes, notas manuscritas, etc. ,ainda por analisar.

Livros proibidos de circular em Angola e que se encontravam na sede local da PIDE. Os carimbos foram apagados.

Notas manuscritas de João Amador no âmbito das conversações conduzidas pelo Gabinete Coordenador para a Cooperação.
João Amador (1930) foi um alto funcionário da administração colonial em Angola, e depois de 1974, seguiu a carreira diplomática tendo tido postos nas Embaixadas e consulados em Kinshasa (Zaire), Porto Alegre (Brasil,) Roterdão (Holanda), etc. Teve igualmente um papel em vários processos de negociações, contactos com a FNLA de Holden Roberto, e conversações relativos à independência de Cabo Verde e Guiné, etc.
[276128] Show Record
AMADOR, João Reinaldo Ferreira
A terra na África negra : (estudo etno-sociológico) / João Reinaldo Ferreira Amador. - Lisboa : [s.n.], 1970. - 283 p. ; 28 cm. - Tese de licenciatura, Instituto Superior de Ciências Sociais e Política Ultramarina
Descritores: Direitos fundiários | Propriedade | Tese de licenciatura | África Subsaariana
Cota: EA.03 AMA*Ter|ISCTE
[465593] Show Record
AMADOR, João Reinaldo Ferreira
Uso e Posse da terra / João Reinaldo Ferreira Amador
In: Reordenamento : revista da Junta Provincial de Povoamento de Angola / dir. Joaquim Pedro Monteiro de Vasconcelos Nogueira Jordäo.- Luanda : J.P.P.A., 1966- .- Nº 24, (Abr./Jun., 1972), p. 14
Descritores: Ordenamento do território | Migração de povoamento | Angola
Cota: PP 81|BNU
[465610] Show Record
AMADOR, João Reinaldo Ferreira
Uso e posse da terra / João Reinaldo Ferreira Amador
In: Reordenamento : revista da Junta Provincial de Povoamento de Angola / dir. Joaquim Pedro Monteiro de Vasconcelos Nogueira Jordäo.- Luanda : J.P.P.A., 1966- .- Nº 25, (Jul./Set., 1972), p. 24
Descritores: Ordenamento do território | Migração de povoamento | Angola
Cota: PP 81|BNU
[465663] Show Record
AMADOR, João Reinaldo Ferreira
Uso e posse a terra / João Reinaldo Ferreira Amador
In: Reordenamento : revista da Junta Provincial de Povoamento de Angola / dir. Joaquim Pedro Monteiro de Vasconcelos Nogueira Jordäo.- Luanda : J.P.P.A., 1966- .- Nº 28, (Abr./Jun., 1973), p. 36
Descritores: Ordenamento do território | Migração de povoamento | Angola
Cota: PP 81|BNU
Oferecido pela sua filha Filomena Amador.2017/10EPHEMERA – NOTÍCIAS DA SEMANA (DE 9 A 15 DE OUTUBRO DE 2017)
AMORIM, Ruy Pessoa d’Oferecido pela família.
ANDRADE, Eugénio deConjunto de cartas, papéis, fotografias, manuscritos de poemas,  desenhos (penso que raríssimos), provas de livros, dedicatórias e outros materiais de Eugénio de Andrade._ARQUIVO - ESCOLA - 1ºA - SALA 2 (COLUNA) - ARMÁRIO
ARAÚJO, ANTÓNIO RICARDO ARSÉNIO Oferecido pela família.
ARCADA

Documentos originais da Arcada, assim como elementos do espólio da organização, máquinas de escrever e mobiliário de escritório, parte do espólio de Armando Jorge de Almeida (1918-1992), e seu avô Júlio de Almeida (1890-1966), jornalistas profissionais com longa carreira no Diário de Notícias e noutros jornais.
A Arcada é uma organização muito pouco conhecida, com actividade já vinda da I República e que se tornou num espécie de Gabinete de Imprensa que funcionava no Ministério do Interior, coligindo a informação de todos os ministérios e enviando-a para os jornais, mediante uma avença. A Arcada terminou a sua actividade pouco depois do 25 de Abril de 1974.
LOCAL: ARQUIVO - ESCOLA - 1ºA - SALA 2 (COLUNA)
ARTE E ARTISTAS - COLECÇÃO 
ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DO INSTITUTO UNIVERSITÁRIO DOS AÇORES (1979)
ASSOCIAÇÃO CÍVICA MOVIMENTO PORTUGAL ÚNICOArquivo do Movimento Portugal Único, que tinha em Ernâni Lopes e Miguel Sousa Tavares. alguns dos seus membros mais conhecidos. O movimento tinha como objectivo defender o “não à regionalização” no Referendo de 1998.

Escritura de constituição (completo).

Pastas pequenas.

O arquivo ocupa cerca de 40 cm. lineares de documentos, incluindo manuscritos, actas de reuniões, notas, correspondência, discursos e intervenções, comunicados, recortes de jornais, etc., organizados em seis pastas, duas de grande volume e quatro mais pequenas, para além de alguns papéis soltos.


Comunicado.

Discurso de Ernâni Lopes, Coimbra, 8 de Maio de 1998.

Páginas de notas manuscritas.
Oferecido por Diogo Belford
AZEVEDO, CÂNDIDO DEAdquirido.
BAHIA, Maria José
Activista estudantil na Universidade do Porto.

Documentos dos processos disciplinares e policiais resultantes da agitação estudantil na Universidade do Porto em 1973.
BAPTISTA, Manuel Joaquim / “RUDY”DIÁRIO MANUSCRITO DE MANUEL JOAQUIM BAPTISTA "RUDY", PINTOR, 1935

Encontrado num alfarrabista esta preciosidade. “Rudy” (1912-1956) foi um obscuro pintor, aguarelista e ilustrador, natural de Olhão. O diário do ano de 1935, escrito numa Agenda Rex, retrata um história de infelicidade e miséria, dobrada por desgostos amorosos. “Rudy” queixa-se da vida, da falta de dinheiro, das dificuldades em lhe pagarem as ilustrações que faz (no Século por exemplo), das doenças (queixa-se do coração e desenha um pequeno coração), dos azares amorosos. É uma vida feita de esperas e zangas, dominada pela pobreza – o senhorio quer expulsa-lo, tem que empenhar o fato “que traz vestido”, não tem dinheiro para comer – e pela infelicidade. Tudo ilustrado com desenhos e colagens, de receitas de farmácia, de contas de restaurantes de bilhetes de eléctrico e de programas de cinema . Muitas personagens do submundo da edição popular, do jornalismo, dos ilustradores de capas e reclames, aparecem no diário.
Adquirido.
BARBOSA, MANUEL JORGE >Manuel Jorge (Pacheco Barbosa) (1924-2015) foi um artista plástico e pintor, que assinou como Majo, na fase inicial da sua carreira. Mais tarde viria a assinar como M. Jorge. Nos seus primeiros tempos enquadrou-se nas chamadas correntes Modernista e do Neo-Realismo e tendo posteriormente enveredado por temáticas e técnicas mais académicas, após 1960.Fez parte do MUD Juvenil (Movimento de Unidade Democrática), organização de oposição ao regime do Estado Novo, criado em 1945 e findo em 1948. Já depois do 25 de Abril de 1974 tornou-se militante do Partido Comunista Português (PCP), onde participou em diferentes iniciativas culturais.Oferecido pela família.
BARROS, Henrique deARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 2 (COLUNA) – ARMÁRIO
BARROS, Teresa Leitão de Teresa Leitão de Barros
Escritora portuguesa, Teresa Emília Marques Leitão de Barros nasceu a 6 de outubro de 1898, em Lisboa.
Em 1924, formou-se em Filologia Românica pela Universidade de Lisboa e, entre 1927 e 1937, lecionou no ensino secundário liceal e técnico. A escritora defendeu a educação feminina como emancipação da mulher e a importância da literatura infantil no desenvolvimento da criança.
Fez várias traduções, colaborou em publicações, como Notícias Ilustrado, Diário de Notícias e escreveu ensaios, artigos, contos, histórias infantis, teatro e livros didáticos, como Escritoras de Portugal (1924), Vidas que Foram Versos (1930), Cadernos de Gramática Portuguesa para a 1ª Classe e 2ª Classe dos Liceus (1934), Heróis da Tomada de Lisboa (1949), As Heroínas de Diu (1951) e Varinha de Condão (1973, com participação de Fernanda de Castro).
Teresa Leitão de Barros faleceu a 30 de agosto de 1983, em Lisboa.
(Infopedia))
Oferecido pela família.LOCAL: ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 4 (DISPENSA)
BATALHA, Fernando(1908-2012. Arquitecto com obra em Angola e que exerceu vários cargos na administração colonial, no Gabinete de Urbanização do Ultramar (em Angola), na Comissão Provincial dos Monumentos Nacionais de Angola e no Instituto de Investigação Científica do Ultramar, onde trabalhou no sector da Arqueologia. Autor de várias obras sobre o património arquitectural de Angola.)Adquirido.
BELCHIOR, Maria de Lurdes– Papéis vários ainda não inventariados.(1925-1998. Professora universitária, autora de muitos estudos sobre a literatura portuguesa, Leccionou em Portugal, na França, nos EUA , tendo igualmente exercido cargos na diplomacia cultural. Foi directora do Instituto de Altos Estudos e do Centro Cultural Português da Fundação Gulbenkian em Paris e Secretária de estado da Cultura durante um breve período de 1974-5.)
Adquirido.
BORREGO, JoséO seu espólio é vastíssimo e inclui manuscritos, notas, artigos, programas e outros documentos de cineclubes, correspondência, planos de arquitecto, etc.Arquitecto, foi membro activo do MUDJ nos anos cinquenta, tendo sido preso pela PIDE. Trabalhou em Lisboa e no Porto, e foi um activista do movimento cineclubista assumindo cargos dirigentes no Cineclube Imagem e no Cineclube do Porto.
Adquirido.
BRAGANÇA, António Gamboa Martins O espólio é constituído essencialmente por livros, revistas, publicações policopiadas, mapas, recortes e manuscritos. Existem outros materiais (diagramas, fotografias, etc.) mas em pequeno número.

Numa organização preliminar do espólio foram separados os livros e revistas, e organizado o restante material nas seguintes pastas:

– pasta biográfica: inclui documentos escolares, trabalhos escolares, exercícios militares, recortes relativos a diferentes missões militares (Índia, Açores, Guiné, Évora,), etc.;

– pasta com publicações e documentos relativos aos cursos militares frequentados, incluindo publicações policopiadas, mapas, diagramas, manuscritos (p.e. vários cadernos manuscritos ilustrados sobre “luta de ruas”);

– pasta com materiais utilizados na elaboração do livro A Fortificação de Lisboa e do seu Porto na 2ºMetade do Século XIX, publicado pela Direcção do Serviço Histórico-Militar em 1990;

-pasta com recortes relativos ao movimento reivindicativo dos oficiais saneados depois do 25 de Abtil;

– “Pasta de Trabalho do Chefe / 4º Repartição do QG/CTI Guiné), 22 de Outubro de 1968”. Trata-se de um conjunto de cerca de 150 folhas manuscritas, frente e verso, que deveriam fazer parte de um caderno de argolas. Trata-se de um documento original com especial interesse pelo seu detalhe para a história da guerra na Guiné, relatando com particular detalhe todo o fluxo de homens, munições, armamentos, estado dos aquartelamentos, condições de vida dos militares e civis, e elementos sobre as operações militares.

Capa do embrulho das folhas da “Pasta de Trabalho…”

Primeira página (frente e verso) da “Pasta de Trabalho…”
Coronel António Gamboa Martins Bragança. Oferecido pelo seu filho dr. Nuno Bragança e restante família.
BUENO, CUNHAPROPOSTA DE TÍTULO DE CIDADÃO DE S. PAULO A SALAZAR (1972)
BUGALHO, Adolfo
CADERNOS ESCOLARES DOS ANOS 30 DO SÉCULO XX
CAEIRO, FERNANDO MELOFERNANDO MELO CAEIRO – LIVROS DA BIBLIOTECA
CALÇADA, Aurélio Papéis pessoais e documentos sobre o concelho de Tondela e as actividades da Casa do Concelho de Tondela.Oferecido pela família.
CALDEIRA, GRACIETE– UNIÃO DOS SINDICATOS DE LISBOA (1977-8) – DOCUMENTOS GRACIETE CALDEIRA

Dossier contendo centenas de documentos relativos à actividade da USL (da CGTP) nos anos de 1977-8. Compreende documentos publicados, versões originais e alteradas de alguns desses documentos, originais dactilografados, manuscritos e notas, documentos internos, quadros de organização, directivas sindicais e partidárias, usados no trabalho de Graciete Caldeira um dos quadros com maior relevo no trabalho da USL nesses anos. O dossier foi mantido na ordem original, estando a ser preparado um índice.
PCP
SINDICATOS
CAMACHO, Brito
CARDOSO (LOBÃO), RUIPapéis de Rui Cardoso (Lobão), conjunto de panfletos, revistas, jornais e recortes, com um grupo significativo oriundo do movimento estudantil e das comissões de moradores, assim como várias pastas relativas à sua actividade como jornalista no Ponto e no Diário Popular. Inclui notas manuscritas e recortes. Em anexo existe um conjunto de fotografias e documentos pessoais relativos a seu pai e à sua família.
CARMO, ANTÓNIO DUARTE DE ALMEIDA E BIBLIOGRAFIA
CARMONA, IVETE
CARNEIRO, Francisco Sá
CARVALHO, JOSÉ MIGUEL– Brochuras, panfletos, periódicos e outras publicações ligadas ao movimento estudantil e político no Porto, assim como cadernos manuscritos com notas de reuniões.(Médico, militante estudantil e político, antes e depois do 25 de Abril. Foi candidato pela CDU no concelho de Alpiarça onde reside.)
CASTELO- BRANCO, FERNÃO
CASTRO, RODRIGO SOUSA E (Coronel)
CASTRO, Romano de– Papéis monárquicos.

– Etiópia (documentos sobre as relações diplomáticas entre Portugal e a Etiópia; recortes e publicações sobre a Etiópia; documentos sobre a visita do Imperador Hailé Selassié
LOCAL: ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 4 (DISPENSA)
CAUSA MONÁRQUICAAdquirido.
CENSURAAdquirido.
CENTRO CULTURAL DE ALMADAConsta de cartazes, fotografias, diapositivos, pastas de documentação, recortes, programas, etc. O Centro Cultural de Almada foi uma associação cultural existente entre 1979 e 2000, criado a partir de uma deliberação da Assembleia Popular do Concelho de Almada de Agosto de 1978.
CENTRO DE ESTUDOS POLÍTICO E SOCIAIS DA JUNTA DE INVESTIGAÇÃO DO ULTRAMAREntraram no ARQUIVO / BIBLIOTECA três pastas contendo correspondência do Centro de Estudos Políticos e Sociais da Junta de Investigações do Ultramar, obtidas num alfarrabista que as recolheu para mim, após terem sido deitadas para o lixo. A correspondência, datada dos anos sessenta, versa no essencial as publicações do Centro e a sua distribuição e contém originais de várias personagens da nomenklatura do salazarismo, assim como elementos sobre este think tank do regime.
CENTRO DE REFLEXÃO CRISTÃ
CINEMA
CINEMA - CARTAZES DE CINEMA
CLUBE DA ESQUERDA LIBERAL
COELHO, GONÇALO CALDEIRAEntraram no ARQUIVO por aquisição um conjunto de documento de autoria do diplomata Gonçalo Caldeira Coelho, que veio a fazer uma longa carreira no Ministério dos Negócios Estrangeiros. Os documentos, relatórios enviados para Lsiboa, cobrem os primeiros anos da sua carreira e centram-se na Suiça, no Canadá (questões de emigração portuguesa), na Bélgica do pós-guerra, na Holanda, etc. Os relatórios dos finais dos anos quarenta e início dos anos cinquenta contém informações detalhadas sobre a situação económica gerada pela guerra, assim como os processos de colaboracionistas com os alemães e a depuração.Adquirido.
COMISSÃO DE TRABALHADORES DA MANUTENÇÃO MILITAR
COMISSÃO DE TRABALHADORES DA RODOVIÁRIA NACIONAL
COMISSÃO DE TRABALHADORES DO CENTRO POPULAR DE ANÁLISES CLÍNICAS DA AMADORA Dossier completo sobre o processo de ocupação e autogestão do designado Centro Popular de Análises Clínicas na Amadora entre 1975 e 1976. Trata-se de mais de uma centena de documentos, incluindo manuscritors, notas, dactiloscritos, correspondência, recortes, comunicados, contabilidade, actas, plantas, fotos, etc .oriundos da Comissão de Trabalhadores. Trata-se de um história exemplar dos anos de “brasa” da revolução.
COMPANHIA COLONIAL DE NAVEGAÇÃO
COMUNIDADE DE TAIZÉDocumentos sobre a Comunidade de Taizé. Inclui documentação sobre os encontros de Roma (1982), Paris (1983) e Londres (1986).Oferta de Carlos Robalo.
CONDE DE AZINHAGA (D. José Pedro de Saldanha Oliveira e Sousa)– Trata-se de um vasto conjunto de papéis dos séculos XIX e XX, incluindo correspondência, documentação relativa às propriedades de família, actividade em várias organizações políticas, religiosas de assistência, e outras; notas de história da família, em particular sobre o Duque de Saldanha, manuscritos, etc.Adquirido.
CONFERÊNCIA DE S. VICENTE DE PAULA– Livro de actas manuscrito (desde 1965).
CONGRESSO (3º) DA OPOSIÇÃO DEMOCRÁTICA
CORTEZ, ULISSESPequeno grupo de papéis vários (correspondência cartões de visita, manuscritos) de autoria ou enviados a Ulisses Cortez.Adquirido.
COSTA, ALBERTO FUNDADOR DA SOCIEDADE DOS VINHOS “IRMÃOS UNIDOS”
COSTA, Euclides Goulart da Conjunto de papéis, originais manuscritos e dactilografados, correspondência, panfletos, programas, recortes e outros, cobrindo a actividade do diplomata Euclides Goulart da Costa, em particular junto das comunidades portuguesas, nas primeiras três décadas do século XX. Essa actividade teve ligar no Hawai, em Cuba e nos EUA, na Califórnia e em Boston, e mais tarde no Brasil. Toda esta carreira está documentada em recortes de jornais locais e noutros documentos agrupados em “scrapbooks“, que fornecem um retrato muito completo das actividades da emigração portuguesa nesta época. Existe também correspondência de função e pessoal, originais de artigos e textos ficcionais e fotografias.(1883- ?. Diplomata, cônsul em Honolulu, Havana, Boston, S. Francisco, S. Paulo, Barcelona, etc. Autor de vários livros .)
Adquirido.
COSTA, JOSÉ FONSECA E
COVAS, ALBERTOOferecido pela família.
COVITA, JOSÉ LUÍS
CRESPO, VÍTORO espólio de Vítor Crespo, oferecido pela sua família, permite conhecer a sua obra, como também o papel que teve em vários momentos da história recente. O espólio, que incluía a sua biblioteca, os seus papéis pessoais e institucionais, gravações, filmes, fotografias, compreende também mobiliário e objectos pessoais.

– Espólio a ser organizado
Professor universitário, Reitor da Universidade de Lourenço Marques, militante e dirigente do PSD, Ministro da Educação, e Presidente da Assembleia da República, Oferecido pela família.
CUNHA, SILVAConjunto de papéis (manuscritos, originais dactilografados, correspondência, relatórios oficiais, material “secreto” e “muito secreto” sobre a guerra colonial, em particular sobre a Guiné, telegramas, fotografias, recortes, mapas, etc.) oriundos do espólio do antigo Ministro da Defesa e do Ultramar Joaquim da Silva Cunha. Contém documentos fundamentais para a história da política colonial, como seja, por exemplo, um conjunto de pastas com correspondência original dos governadores das diferentes colónias, ou papéis importantes do ponto de vista biográfico, como a correspondência enviada a Silva Cunha quando esteve preso depois do 25 de Abril
CUNHAL. AVELINO– Dactiloscrito de uma peça de teatro.
DEMATTEO, SALVATORE T.
DIAS JUNIOR, JOSÉ PEDRO Manuscrito de Do Monte à LiberdadeALCOCHETEJOSÉ PEDRO DIAS JÚNIOR
José Pedro Dias Júnior, Do Monte à Liberdade. O Testemunho de Uma Vida, Alcochete Câmara Municipal de Alcochete, 2000
DIAS, CARLOS CARVALHO
DINIZ, MACÁRIO DA ROCHA
ESTUDOS SOBRE O COMUNISMO– Espólio da revista Estudos sobre o Comunismo publicada a partir de 1983 . Inclui materiais originais dos artigos, correspondência, assinaturas, contabilidade, etc.
EXTERNATO REPUBLICANO DR. ALBERTO COSTA– Manuscrito do Regulamento Interno (ver EXTERNATO REPUBLICANO DR. ALBERTO COSTA).
FAMÍLIA CORREIA SOARES
FAMÍLIA PACHECO PEREIRA
FARIA, João
FERNANDES, ARNALDO CONSTANTINOTrata-se de uma figura muito importante do republicanismo e da oposição à ditadura. Foi técnico bancário, contabilista e depois notável advogado em Lisboa, com cargos importantes na Ordem dos Advogados (vogal do Conselho Distrital de Lisboa, vogal da direcção da Caixa de Previdência dos Advogados e Solicitadores, presidente do Conselho Distrital de Lisboa, vogal do Conselho Superior da Ordem dos Advogados, delegado da Ordem dos Advogados às assembleias-gerais). Teve também uma activa participação no Clube de Futebol Os Belenenses, de que foi Presidente, tendo ainda sido vogal do Conselho Jurisdicional da Associação de Futebol de Lisboa e vogal de diversas comissões da Federação Portuguesa de Futebol.

No plano político, participou activamente na greve académica de 1916, combateu a Monarquia do Norte em 1919 e teve um longo trajecto de oposicionista ao Estado Novo. Foi membro do MUD e activo participante em várias campanhas eleitorais, sendo candidato a deputado em 1953 e apoiante da candidatura de Arlindo Vicente em 1958, de que foi mandatário em Lisboa. Como advogado, apoiou várias personalidades da oposição nos seus processos, como foi o caso de Ruy Luís Gomes e Arlindo Vicente.

Foi colaborador da imprensa nacional e local, no República, no Diário de Lisboa e no Diário do Minho, tendo publicado vários estudos especializados no direito do desporto (O Direito e os Desportos: Breve Estudo do Direito Desportivo) e no âmbito das doenças profissionais (Doenças Profissionais: Aspectos Legais e Jurídicos da Silicose e Breve Estudo Jurídico e Legal da Protecção das Consequências das Doenças Profissionais ).
ESPÓLIO DE ARNALDO CONSTANTINO FERNANDES (1900-1980)
FERNANDES, JOSÉ ANTÓNIO FURTADOMateriais do PPD e do PSD do período de 1974-1980. Entre os materiais oferecidos conta-se a colecção dos manuais de campanha de 1975 e 1976, assim como uma colecção encadernada do Povo Livre até 1980.Furtado Fernandes foi deputado do PPD à Assembleia Constituinte e depois na primeira legislatura, tendo aderido à ASDI. PPD PSD
FERREIRA, Armando HasseESPÓLIO ARMANDO HASSE FERREIRAARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 4 (DISPENSA)

LOCAL: LER DEVAGAR

LOCAL: LISBOA
FERREIRA, ARMÉNIO
FERREIRA, FRANCISCO /”CHICO DA CUF”
FERREIRA, MARIA DO CARMO GOMES Correspondência.
FILOMENA, JUDITEColecção de peças de teatro e de representações amadoras, muitas das quais usadas pela Associação Recreativa”Os Malmequeres de Noeda”.2017/07vER EPHEMERA – NOTÍCIAS DA SEMANA (DE 31 DE JULHO A 6 DE AGOSTO DE 2017)
FLEMING, ARNALDO
FLORENTINO, CARLOS ALBERTOCorrespondência pessoal.Engenheiro, LNEC, especialista em barragens.
FONSECA, CARLOS DA
FOTOGRAFIASFOTOGRAFIAS AUTOGRAFADAS DE PERSONALIDADES DA MÚSICA, ÓPERA E BAILADO
FOTOGRAFIAS DO MUNDO DO ESPECTÁCULO (1900-1940)
​FOTOGRAFIAS DE FINALISTAS DE DIREITO DE COIMBRA NO FINAL DOS ANOS VINTE
ESPÓLIO DO FOTÓGRAFO MÁRIO PINTO
Álbuns de fotografias particulares, algumas com interesse histórico como eas de militares portugueses do Corpo Expedicionário (CEP) em França.
FRANCO HENRIQUE JOSÉ CABRITA documentação do PS, da Fundação Antero de Quental, da vida autárquica em geral, e relativa à cidade e região de Leiria. Inclui livros, documentos, panfletos e recortes em grande quantidade, mas também correspondência e manuscritos.Henrique José Cabrita Franco (05/03/1930 – 04/09/2018) natural de Leiria, funcionário público, lutador contra a ditadura, republicano e membro da Maçonaria, filiado no PS a seguir ao 25 de Abril. Foi eleito Presidente da Junta de Freguesia de Leiria, cargo que ocupou durante 20 anos. Foi presidente da concelhia socialista e membro do Secretariado da Federação do PS.2019/04
FREITAS, HENRIQUE
HENRIQUE FREITAS – PAPÉIS VÁRIOS
_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 3 (COLUNA)
FREITAS, MANUEL FAZENDA
– Copiador com manuscritos, dactiloscritos e recortes encadernado sob o título “Curiosidades”(Autor de monografias locais.)
FRENTE NACIONALPasta contendo a documentação para legalização da Associação cultural e política FN – Frente Nacional [1990], correspondência com o Front National, Vlaams Block, etc., recortes de jornais sobre surgimento da FN e as reuniões, em Portugal, dos partidos de extrema-direita representados no Parlamento Europeu. Por vontade do doador a pasta fica reservada.
GALVÃO, HENRIQUEHENRIQUE GALVÃO NA FINLÂNDIA (1961)
RELATÓRIOS DE HENRIQUE GALVÃO NUMA MISSÃO SECRETA A ESPANHA NO INÍCIO DA GUERRA CIVIL (AGOSTO DE 1936) (Aqui.)

CORRESPONDÊNCIA DE E PARA HENRIQUE GALVÃO (VENEZUELA, 1959-1960)

Correspondência enviada de e para Henrique Galvão durante o período em que esteve em Caracas na Venezuela (embora algumas cartas tenham sido trazidas de Buenos Aires). Compreende cerca de 200 cartas (cartas dirigidas a Galvão e cópias de cartas enviadas por Galvão e pelo Movimento Nacional Independente), materiais destinados a emissões de rádio, artigos originais e textos inéditos, e comunicados.
GALVÃO, HENRIQUE
GOMES, FRANCISCO MATOS / “JORGE VERNEX”DOCUMENTOS SOBRE A PRISÃO E PROCESSOS DE FRANCISCO MATOS GOMES / “VERNEX” POR COLABORAÇÃO COM A PIDE
(Em breve.)

_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 4 (DISPENSA)
GOMES, Mário de Azevedo Correspondência com Norberto Lopes.
GONÇALVES , LÚCIA– Documentos sobre o trajecto pessoal de uma funcionária pública dos CTT. Dados sobre o papel dos correios em Góis, nos anos 40.
GOUVEIA, TERESA PATRÍCIO– Conjunto de pastas contendo documentos, manuscritos, correspondência, brochuras e panfletos respeitantes à preparação de vários textos programáticos do PSD. Este arquivo pessoal centra-se quer na sua actividade governativa, nas áreas da Cultura e Ambiente, quer nos processos de elaboração do Programa do governo e do PSD, em 1990-1, na revisão constitucional de 1996, nos encontros de reflexão de Riba Fria em 1990, entre outros

- A segunda doação compreende essencialmente notas manuscritas de reuniões, conversações, viagens e conversas, centradas no período de 1985-1998. As notas manuscritas detalhadas são uma fonte importante para o conhecimento da actividade política e partidária, incluindo notas de Congresssos, Comissões Políticas, Comissões Permanentes, direcção de Marcelo Rebelo de Sousa, campanha presidencial de Cavaco Silva, contactos internacionais (por exemplo sobre Timor) e viagens partidária (Guiné com Marcelo Rebelo de Sousa em Novembro de 1998), setc.

_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 4 (DISPENSA)
GRÁCIO, RUI / MIGUEL, MARIA ANGELABiblioteca
GRUPO ECO-LÓGICO DE TORRES VEDRAS (1980-1984?)GRUPO ECO LOGICO TORRES VEDRAS – PANFLETOS, ORIGINAIS, MAQUETAS, ETC.,
12th MEETING F.O.E. (FOZ DO ARELHO, NOVEMBRO 1983) – DOCUMENTAÇÃO.
GUERRA DO VIETNAM
Ver PAPÉIS RELATIVOS À RESISTÊNCIA LEGAL À GUERRA DO VIETNAME (1967-1970)
GUIMARÃES, FRANCISCO JOSÉ VALLE
GUIMARÃES, NORBERTO
Ver ESPÓLIO FOTOGRÁFICO DO CAPITÃO AVIADOR NORBERTO GUIMARÃESGUIMARÃES, NORBERTO
HEATHCOTE COMMUNE
Fotografias originais tiradas nos anos 60 na Heathcote Commune em Maryland, EUA, um importante centro da contra-cultura.
ICONOGRAFIA

– IMAGENS ESTEREOSCÓPICAS JAPONESAS
IGREJA DE JESUS CRISTO DOS SANTOS DOS ÚLTIMOS DIAS Documentos, manuscritos, brochuras, panfletos, gravuras e periódicos respeitantes à actividade da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos

Dias, os mórmons, em Portugal.
JORNAL “LIBERTAÇÃO” (AVEIRO) No espólio que está a ser recuperado, limpo e organizado, incluem-se as publicações enviadas ao jornal, em particular oriundas da RDA e da URSS (Tass e Novosti), os envios de informações e comunicados do MDP, PCP, UJC, CGTP, e outros, artigos e notas manuscritas, correspondência com várias pessoas e organizações, livro de assinantes, gravuras e desenhos, etc.MDP/CDE2019/03
KOAD AR RO’CH
– Diário manuscrito incluindo fotografias, postais e outros materiais gráficos sobre uma visita à Bretanha realizada por um casal naturista francês em 1975. O diário intitula-se Koad ar Ro’ch, o nome de um campo de férias naturista

Ver MANUSCRITOS: KOAD AR RO’CH

_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 2 (COLUNA) – ARMÁRIO
LANBOUR. E.- horóscopos.
– Astrólogo de Sarcelles_ARQUIVO – ESCOLA – 2ºA
LAUSCHER, Jiri / IreneOs papéis, que incluem manuscritos, correspondência, originais dactilografados, impressos, panfletos e periódicos, estão escritos na sua maioria em checo e alemão.

Ver PAPÉIS DE JIRI E IRMA LAUSCHER SOBRE O HOLOCAUSTO
Conjunto de papéis originários de Praga, República Checa, que pertenceram a Jiri Lauscher (1901-1989) e Irma Lauscher (Irma Lauscherová–Kohnová, 1904-1985), prisioneiros no Gueto de Terezin (Theresiennstadt). Irma foi professora no Gueto e sobreviveu à guerra e à prisão, tendo uma actividade considerável na “lembrança” da experiência do Holocausto em Terezin. Irma Lauscher é lembrada, em particular, pelas celebração que fez no campo, após subornar um guarda, da festa judaica de Tu B’Shevat, o Dia das Árvores, plantando uma árvore com cantos e danças. A árvore foi destruída numa cheia, mas sementes tinham sido levadas para os EUA.ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 2 (COLUNA) –ARMÁRIO
LEGIÃO PORTUGUESA
– Papéis dispersos oriundos de diversos fundos e arquivos (a organizar).

LICEU D.MANUEL / AMÍLCAR CABRAL / RODRIGUES DE FREITAS (PORTO)
LIVRARIA OPINIÃO2019
LIVRO MANUSCRITO DE RECEITAS (1937?)
​LOURENÇO, PADRE JOSÉ
LUAR
MATERIAIS USADOS PARA O LIVRO DE FERNANDO PEREIRA MARQUES SOBRE A LUAR
MAÇONARIA
ESPÓLIO MAÇÓNICO DE J.M.F.
MAÇONARIA – COLECÇÃO
– Documentação integral de uma Loja contemporânea (reservada a consulta).
MAGALHÁES, ALFREDO ALEXANDRE RIBEIRO DE Hospital Militar de Luanda (1961-1964)

Serviço de Saúde da Região Militar de Angola (1966-1968).

Hospital Militar Principal (1970-1972)

Cruz Vermelha Portuguesa (1971-1975)

Clínica de Almeirim (1979-1991)
Coronel Médico Alfredo Alexandre Ribeiro de Magalhães (Mossamedes, 18 de Janeiro de 1914 – 2004). Trata-se de um importante espólio, impecávelmente organizado,com milhares de documentos de 1961 a 1975. O espólio retrata uma longa carreira iniciada na Faculdade de Medicina do Porto em 1939 e continuada como oficial médico no exército, em particular no Hospital Militar de Luanda, no Hospital Militar Principal, em Lisboa, e também na Cruz Vermelha Portuguesa,Oferecido pelo filho Alfredo Ribeiro de Magalhães (na Fuseta)
MAGALHÃES, BARBOSA DE Ver CORRESPONDÊNCIA DO MUD (1945)

DOCUMENTOS DA DELEGAÇÃO PORTUGUESA NO CONGRESSO DA PAZ DA SOCIEDADE DAS NAÇÕES (1920 -1928)
MAGALHÃES, JOSÉ
ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 4 (DISPENSA)
MARÇAL, ORLANDO
Correspondência jurídica.
MARQUES, LUÍS
– Ver NOTAS DE REUNIÕES DO MRPP (1974-6)
MARTINS , OÃO PEDRO
– Papéis
MARTINS, SousaVer MATERIAIS SOBRE O “DR. SOUSA MARTINS”
MARTINS, Vírgilo Canas
(1909-1973.
-Ver CORRESPONDÊNCIA CANAS MARTINS – JUVENTUDE HITLERIANAProfessor de agronomia, que esteve como bolseiro na Alemanha na segunda metade da década de trinta e que foi representante da Mocidade Portuguesa junto da Juventude Hitleriana. )

MASCARENHAS, Fernando
– Correspondência.
MASSAPINA, VascoGDUPARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 2 (COLUNA) – ARMÁRIO
MATOS, JOAQUIMLOCAL: ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 2 (COLUNA)
MINEIRO, Álvaro2017
MOURA, JOÃO SALAVESSA (Coronel)
MOUTINHO, Mário
– Original dactilografado (inédito?) de Episódios da Minha Vida Notas de Viagem. Memórias, Lisboa, Outubro de 1950.

Tenente- coronel médico.
_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 2 (COLUNA) – ARMÁRIO
MOVIMENTO DA ESQUERDA SOCIALISTA (MES)
MES –
MANUSCRITOS, NOTAS DE REUNIÕES, APONTAMENTOS, ORIGINAIS MANUSCRITOS DE UM MILITANTE DO MES – 1976MES
MUNDO DA CANÇÃO – Revista
NEVES, JOSÉ DOMINGUES JANEIRO José Domingues Janeiro Neves, (1925 – 1993), funcionário público, com vários lugares na adminisitração, deputado na Assembleia Nacional e Governador Civil da Beira
NOVA ESQUERDANOVA ESQUERDAOferecidos pelo Eduardo Graça
NTO-BAKO-ANGOLA
– RELATÓRIO DA PIDE DE LUANDA SOBRE NTO-BAKO
Documento com origem na PIDE de Luanda e datado de 1962: NTO-BAKO- Angola Dito (Movimento Democrático Português). Resumo Histórico Orgânico e das Actividades desta Organização de Carácter Político-Partidário e Separatista. Segundo indicação no próprio documento terão sido feitos 3 exemplares e a riqueza documental é muito considerável. Documentos, correspondência, panfletos, etc. são reproduzidos e transcritos.

_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 2 (COLUNA)
OLIVEIRA, CÉSARREPÚBLICA PORTUGUESA (SÉRIE DE FOTOGRAFIAS)
[DOSSIER SOBRE ESPANHA NOS ANOS TRINTA] Conjunto de documentação fotocopiada proveniente de diversos arquivos.
[MISCELÂNIA] Documentos, panfletos, brochuras, etc. sobre Rodrigues de Freitas.
ARQUIVO DE RELACIONES EXTERIORES - MADRID Fotocópias.
CARTAS DE LEGIONÁRIOS PORTUGUESES Documentos originários do ARQUIVO PIDE-DGS e cartas manuscritas originais.
Domingos da Cruz, Outros Passos Interessantes da Minha Acidentada Vida Dactiloscrito. Memórias de prisão, deportação nas ilhas dos Açores. Oferecido a Alexandre Vieira.
Domingos da Cruz, Tempos Idos Alguns Pedaços Autobiográficos em Guisa de um Projecto de Memórias- Dactiloscrito. Original pertenceu a Alexandre Vieira.
ESPIONAGEM Material do ARQUIVO SALAZAR sobre espionagem na II Guerra Mundial
NÃO-INTERVENÇÃO E ACTIVIDADE DIPLOMÁTICA Material do ARQUIVO SALAZAR .
POLÍTICA EXTERNA DE ESPANHA Material do ARQUIVO SALAZAR . Projecto sobre "Política externa portuguesa 1932-1985" de 1987.
POLÍTICA LUSO-ESPANHOLA 1935 Documentos originais oriundos da Embaixada de Espanha em Lisboa.
RELAÇÕES ECONÓMICAS LUSO-ESPANHOLAS Documentação e notas. Projecto de 1989 sobre as relações económicas luso-espanholas. Para além de documentos fotocopiados, encontram-se alguns originais com origem na Embaixada de Espanha em Portugal.
RELAÇÕES ESPANHA-PORTUGAL 36/37/38/39 Material do ARQUIVO SALAZAR .
SOBRE AS COLÓNIAS PORTUGUESAS - 1935 Material original oriundo da Embaixada de Espanha em Lisboa.
2018
OLIVEIRA, HERMOGÉNEO ANTÓNIO DE


– Papéis de um militante do PCP e do MURPI em Lisboa, incluindo documentos internos, actas e notas de reuniões.PCP
PATRÍCIO, João
14-06-2009(Escritor, publicista, jornalista, no aparelho de propaganda do Estado Novo (foi director-adjunto do Diário da Manhã, Chefe da Repartição da Informação da Emissora Nacional em vésperas do 25 de Abril). Eram de sua autoria as “notas do dia” da Emissora Nacional, Foi autor de abundante bibliografia apologética do regime, incluindo a organização de uma série de publicações sobre a actividade do Presidente Américo Tomás, para além de livros de poesia e de crónicas.)
_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 4 (DISPENSA)
PCP(ML) – NORTE











PCP(ML)_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 2 (COLUNA)
PCP(R)
– Caderno manuscrito com notas de reuniões de uma célula do PCP(R) em 1976-7. O Caderno já foi integralmente digitalizado.PCP(R)
PERES, Damião
29 de setembro de 2014Historiador e numismata (1889-1975)

Papéis, notas e correspondência de e para Damião Peres. Inclui documentos pessoais; notas para trabalhos de numismática e história (apontamentos, cópias de documentos originais, etc.): rascunhos: pastas contendo correspondência e papéis relacionados com a Universidade de Coimbra, Sociedade de Geografia e pedidos de livros, manuscritos, etc. e devoluções a vários particulares; correspondência com académicos, historiadores e numismatas brasileiros (Paulo Henrique da Rocha Correia, Amaro Quintas, José Honório Rodrigues, general Jaguaribe de Matos, etc,), latino-americanos e espanhois (Filipe Mateu y Llopis; Cristóbal de Losada y Puga, Juan Mujica, etc.) e portugueses (Alberto Silva, Alberto Iria, João Pinto Ferreira, etc.).
PINHO, ANTÓNIO CONCEIÇÃO


ESPÓLIO DE ANTÓNIO (DA CONCEIÇÃO) PINHO/”DANIEL SEVERO” /”ANDRÉ VARGA”
PINTASILGO, MARIA DE LOURDES
– Arquivo da Campanha eleitoral para as Presidenciais de 1985-6. Em organização.
PINTO, JOÃO MANUEL CORTEZ
– Ver PAPÉIS DE JOÃO MANUEL CORTEZ PINTO



(Teórico do corporativismo, alto funcionário corporativo, delegado do INT, director do Centro de Estudos Sociais e. Corporativos do Ministério das Corporações e. Previdência Social. Depois do 25 de Abril foi um dos fundadores do Movimento Popular Português.)

_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 4 (DISPENSA)
PINTO, MÁRIO ESPÓLIO DO FOTÓGRAFO MÁRIO PINTO
PINTO, MAURÍCIO
_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 4 (DISPENSA)LER DEVAGAR
POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA
– Papéis dispersos oriundos de diferentes fundos e arquivos relativos á PSP antes do 25 de Abril (a organizar).
POPOLOGIA
MANUSCRITOS DA POPOLOGIA
POZAL ISIDRO MARTINEZ
– GUIÃO DO FILME HISTÓRICO “FILIPE II”
PROGRAMAS DE CONCERTOS
PROGRAMAS DE CONCERTOS (1912-1918)
PROGRAMAS DE CONCERTOS (1922-1923)
PUBLICIDADE – COLECÇÃO
Com origem em vários espólios e acervos, existe uma grande colecção de publicidade do século XIX e XX. Neles se destaca a colecção de publicidade de Maurício Pinto, republicano, literato e comerciante na Figueira da Foz.
QUADRADO, RICARDO AUGUSTO
QUEIRÓS, LUÍS MIGUEL Espólio da UDP, do PCP(R), e da delegação do Porto do jornal Voz do Povo.UDPPORTO
RÁDIO CLUBE PORTUGUÊS
Folhas de noticiários, incluindo os telexes agrafados e notas manuscritas dos jornalistas para ler ao microfone, do ano de 1975.RÁDIO CLUBE PORTUGUÊS
RAMOS, MOISÉS DA SILVA
Ver PAPÉIS, DOCUMENTOS, REVISTAS E LIVROS DO ESPÓLIO DE MOISÉS DA SILVA RAMOS

– ORIGINAIS E MANUSCRITOS DE ARTUR MODESTO

– DOCUMENTOS DO COLÓQUIO SOBRE O PROBLEMA HABITACIONAL DA ASSOCIAÇÃO DOS INQUILINOS LISBONENSES A.I.L. ( outros documentos da A.I.L.)

– DOCUMENTOS RELATIVOS À FRATERNIDADE OPERÁRIA DE LISBOA – ATENEU COOPERATIVO

– ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 1951: DOCUMENTOS DA CANDIDATURA DE QUINTÃO MEIRELES E RUY LUÍS GOMES

Inclui recortes, comunicados, correspondência, panfletos, erc.
RANGEL, EMÍDIO
REGO, MANUEL SENA
RIBEIRO, CARLOS PORTUGAL
ROBALO, CARLOS
ROCHA, JOSÉ AUGUSTOPAPÉIS E BIBLIOTECA JURÍDICA DE JOSÉ AUGUSTO ROCHA


Biblioteca jurídica e de um conjunto de papéis (peças processuais, artigos, notas manuscritas, etc.) de
José Augusto Rocha (1938-2018), advogado de presos políticos e defensor dos direitos humanos contra a ditadura.2019/03
RODRIGUES, JOÃO TOMAZ




– Correspondência dirigida ao coronel do Estado Maior João Tomaz Rodrigues contendo mais de um milhar de cartas e postais, a maioria vindos de militares e distribuindo-se por quase toda a primeira metade do século XX.

PAPÉIS DO CORONEL JOÃO TOMAZ RODRIGUES – CORRESPONDÊNCIA (1)
RODRIGUES, José Jorge de Magalhães


_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 2 (COLUNA) – ARMÁRIO
ROSETA, NUNO
Documentação da OCMLP e da FEC(ML), incluindo documentos manuscritos e notas de reuniões, cobrindo alguns eventos, como o Congresso da FEC(ML). Está integralmente digitalizado, embora ainda não publicado.

_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 2 (COLUNA) – ARMÁRIO
SALAZAR, ANTÓNIO DE OLIVEIRA
– Correspondência enviada durante a doença de Salazar.SALAZAR
SANTOS POUSADA” – CORRESPONDÊNCIA
SANTOS, ÁLVARO JOSÉ DE MELO SEQUEIRA
/ OFÉLIA DE FREITAS
Álvaro José de Melo Sequeira Santos (Zefus), funcionário bancário, activista político da causa angolana, preso,no processo de Pinto de Andrade, membro do governo depois da independência de Angola,2019/03
SANTOS, NUNO RODRIGUES DOS
SARMENTO, JÚLIO ERNESTO DE MORAIS
Documentos vários
Correspondência (cerca de 150 cartas de e para Júlio Morais Sarmento)
A ser inventariado
(1875-?) Ministro da Guerra do 2º Governo da Ditadura Nacional (1928)
SARMENTO, MORAIS (Tenente)

Conjunto de três pastas contendo documentos referentes aos conflitos entre militares em Angola nos primeiros anos da Ditadura , de que resultou o assassinato do Tenente Morais Sarmento em 20 de Março de 1930.

Ver O ASSASSINATO DO TENENTE MORAIS SARMENTO E OS ACONTECIMENTOS DE ANGOLA EM1930
SAVE OUR STREET CARS (ST.LUIS, MISS. EUA, ANOS SESSENTA)

Conjunto integral das fotografias. Ver EUA – SAVE OUR STREET CARS CAMPAIGN (ST. LOUIS, MISSOURI, ANOS SESSENTA).
SCRAPBOOKS – COLECÇÃO
_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 4 (DISPENSA)
SECRETARIA DE ESTADO DE INFORMAÇÃO E TURISMO
Papéis Vários.
SEMEDO, FRANCISCO LOPES CORREIA / SEMEDO, MÁRIO JOSÉ ESTEVES CORREIA
SILVA, ANDRÉ DIAS DA (Capitão)
Papéis do Capitão André Dias da Silva

Ver EPHEMERA – NOTÍCIAS DA SEMANA ( DE 3 A 10 DE JANEIRO DE 2016)
SILVA, JOSÉ FLORENTINO PEREIRA
SILVA, LUÍS VICENTE DA (Coronel) APU e CDU Concelho de Mafra
Assuntos do Concelho Curiosos ou Humorísiticos Manuscritos e correspondência
Mafra
Mafra - Azueira - Saloios
Mafra - patrimínio / Ambiente / Abusos da Câmara RTP Tribunal
Câmara 1983-1985
Ericeira - Comissão para a sua Preservação
Ericeira - Imprensa
Litoral Azul
[Pasta sem título] Manuscritos, recortes, documentos sobre a vida política e autárquica de Mafra e da Ericeira.
[Pasta sem título] idem
[Arte e os militares.] catálogos, livros e folhetos sobre militares que escrevem e pintam.
SILVA, MARIA REGINA




SILVA, PADRE JOSÉ MANUEL DA
SILVEIRA (Miranda?), José Gil
(Ponta Delgada, Açores)

– Manuscrito de poemas intercalado com recortes de jornais.
_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 4 (DISPENSA)
SIMÕES, ANA acervo sobre o PCP, em particular sobre alguns dos seus mais relevantes militantes clandestinos, assim como uma vasta documentação sobre a vida política local do Bombarral e da Marinha Grande, incluindo antes do 25 de Abril as relações das autoridades locais com a PIDE e a repressão. Existem igualmente várias pastas sobre colectividades locais ligadas à resistência cultural e política contra a ditadura, cineclubes, grupos desportivos, etc.

Entre os grupos documentais entrados salientam-se:
pastas sobre Joaquim Carreira (1929-2011), militante do PCP, vidreiro da Marinha Grande, funcionário clandestino, preso várias vezes;
-cadernos com apontamentos manuscritos tirados na prisão e na clandestinidade por Fernanda Paiva Tomás (1928-198), militante do PCP, funcionária clandestina, com longo período de prisão;
- documentos do PCP, MDP, etc;
- pastas “confidenciais” relativas á repressão política antes do 25 de Abril, a nível das autoridades locais do Bombarral;
-pastas com documentação de várias colectividades locais, Sport Operário Marinhense, Cine clube do Bombarral, etc.
livros, revistas, recortes, etc.
PCPBOMBARRAL
MARINHA GRANDE
SOARES, ANTÓNIO VALENTIM
– PAPÉIS ESPERANTISTASANTÓNIO VALENTIM SOARES
SOARES, JoãoPapéis pessoais
- diário infantil (1959)
- provas escolares no Colégio Moderno
- Correspondência Set. - Out. 1989
(logo a seguir ao acidente de avião em Angola)
- Correspondência Jan.- Fev. 1990
- Coirrespondência para o Ministro da Cultura (2015-6)
- recortes
- vários outros papéis
- objectos
PS
UNITA
2019/03
2019/06
SOCIEDADE AGRÍCOLA DO MONTAGRALLivro de posses da sociedade em Sobral do Monte Agraço 1972SOBRAL DE MONTE AGRAÇO
SOCIEDADE DA ERVILHA
– Papéis de um grupo literário e recreativo (1895-1901).

Ver SOCIEDADE DA ERVILHA (PORTO, 1895-1901)
SOCIEDADE DA ERVILHA
SOUSA, ANTÓNIO CARLOS RODRIGUES DUARTE DE
SOUSA, CARLOS DE
SOUSA, JOAQUIM BARROS DE
– Ver ARQUIVO E PAPÉIS DE JOAQUIM BARROS DE SOUSA

- uatro caixas de documentos relativos ao Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos – Delegação dos Portos do Centro.
(MAIS DOCUMENTOS DO ACERVO DE JOAQUIM BARROS DE SOUSA)

(Oposicionista de antes do 25 de Abril com activa vida pública na democracia, como governante, deputado, autarca, dirigente associativo, autor, etc.. ligada a áreas da política, do jornalismo, educação, desporto, e à sua terra, a Figueira da Foz.)
FIGUEIRA DA FOZ_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 4 (DISPENSA)
TAVARES, Álvaro Rodrigues da Silva
Os papéis, incluem correspondência (própria e de terceiros), manuscritos e originais dactilografados, referem-se não só à sua actividade em Angola, no momento crucial do início da guerra colonial, mas também as tentativas de organizar partidos de direita depois do 25 de Abril.

Ver ÁLVARO RODRIGUES DA SILVA

Advogado, magistrado, em várias colónias, Governador da Guiné e Alto Comissário e depois Governador-Geral de Angola (1960-1), membro do governo (Sub-Secretário de Estado da Administração Ultramarina) de Salazar. De 1971 a 1974 foi Procurador à Câmara Corporativa. Foi autor de vários livros.
_ARQUIVO – ESCOLA – 1ºA – SALA 4 (DISPENSA)
TENDEIRO, JOÃODo seu imenso trabalho científico, ficou a família com aqueles que ele guardou para si. Para não me alongar envio em anexo documentação que refere, de forma sucinta, o
trabalho científico por ele desenvolvido. No que a isso se refere temos os seus cadernos de campo, fotografias, slides, vários trabalhos publicados, etc.
No entanto, João Tendeiro foi também um homem de letras e de cultura e temos em nossa posse livros editados (poesia), vários artigos de jornais, crítica literária, memórias ( era irmão de José Tendeiro, grande opositor ao regime de Salazar) , etc.Por considerar que a Ephemera seria um local onde este espólio poderia ser valorizado no seu todo, ou seja, a par da imensa produção científica, também o seu lado de homem de cultura; e ainda por sabermos que aí poderia ser guardado em condições e disponibilizado ao público, gostaria muito que este pequeno espólio pudesse receber a sua atenção. Tratam-se de 3 caixas de plástico e mais alguns objectos que não ocupam grande espaço.
2019/03
TIMOR
JORNADAS SOBRE TIMOR NA UNIVERSIDADE DO PORTO(1993, 1994) – DOSSIER


23 MILITARES PORTUGUESES PRISIONEIROS EM TIMOR (1975-6)
TIMOR
TOUPEIRAS (AS)
UNIÃO SOCIALISTAUNIÃO SOCIALISTA
VILA DA MARMELEIRA VILA DA MARMELEIRA
VISCONDE DE MOREIRA DE REI (ANTÓNIO AUGUSTO FERREIRA DE MELO E CARVALHO)
– Carta do Rei D. Luís nomeando-o Par do Reino (1981) e conjunto de fotografias.