AGRADECIMENTOS AOS MEUS AMIGOS “POPs”

Alguns dos materiais entrados: cartazes do PCP, MARN, MJT, autocolantes, peças de um processo repressivo contra os estudantes “agitadores”, exemplares da revista Le Patriote Illustré, etc.

Realizou-se a 10 de Novembro o terceiro encontro anual dos “Pops” do Norte, designação estudantil dos militantes da tendência “Por um Ensino ao Serviço do Povo”, ligada à UEC(ML) e ao PCP(ML).  No Norte, a designação “pops”, nunca foi comum, mas era  usada principalmente em Lisboa, mais pelos seus adversários do que pelos próprios. Como “freds”, “liquidas”, e outras designações então correntes para designar grupos e tendências estudantis politizadas. O encontro foi feito desta vez em Fragoso-Barcelos em casa da Célia e do Romeu,  dois dos mais activos militantes nos anos 70 no Porto no movimento estudantil e político  contra a ditadura. Mais de quarenta pessoas participaram, incluindo alguns de Lisboa, que estiveram presentes em realizações comuns nos anos 70.

Os meus amigos “pops” tem tido um papel importante na actividade de caça e recolecção voluntária que permite realizar o EPHEMERA e trouxeram para o encontro mais alguns produtos da “sua” caça, a começar pelos seus próprios papéis, e de amigos e conhecidos a quem pedem originais. Agradeço muito particularmente a Sérgio Gamelas (um conjunto de dezenas de cartazes do PCP, do MARN, do MJT, da UEC, etc.), à Maria José Baía (fanzines e documentos do seu processo disciplinar de 1973), Armando Camelo, Helena Alves e outros, que injustamente ficam por nomear, no meio de um dia muito intenso. Obrigado a todos.

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta