EPHEMERA – NOTÍCIAS DA SEMANA (3 A 6 DE SETEMBRO DE 2015)

UMA ESPÉCIE DE NEWSLETTER

O EPHEMERA  chegou a esta semana com cerca de 13.010 notas publicadas. Grosso modo, isso significa mais de 12.500 pastas entradas e em aberto. O sistema de categorias é a melhor maneira de explorar esse conteúdo, embora haja um índice automaticamente gerado de todas as pastas que também permite pesquisar, porém de forma menos estruturada. O Google também serve, visto que há matérias ou grupos de imagens em que praticamente tudo é do EPHEMERA, mesmo a nível internacional. Imagens são também utilizadas em artigos da Wikipedia  Nada disto é perfeito, mas permite alguma orientação.

No último ano, com a duplicação efectiva da média do número de visitas, com a página do Facebook (que vai em 2085 “gostos”) e o Twitter (1811 seguidores), de responsabilidade de um grupo de Amigos do Ephemera, cuja contribuição não só na manutenção da presença do ARQUIVO / BIBLIOTECA nas redes sociais, como na recolha e digitalização, e agora também nas publicações  em livro, tem sido fundamental.

Esta espécie de Newsletter vai passar a ser publicada no fim de semana e agrupará notícias, entradas, agradecimentos e outros elementos considerados úteis para o conhecimento da actividade do ARQUIVO / BIBLIOTECA. A prazo está-se a pensar em fazê-la também em inglês para enviar a organizações congéneres com quem há (ou pode vir a haver) contactos e troca de informações.

A COLECÇÃO EPHEMERA NA TINTA DA CHINA…

Copy of PPD_Autocolantes_V1

Páginas de prova de José Pacheco Pereira / Júlio Sequeira, Autocolantes do PPD. Catálogo 1974-1976.

Páginas de prova de Amorzinho. Correspondência entre Maria de Lourdes e Alfredo de 1934 a 1943. (Organização de Rita Maltez).

…é o grande evento a curto prazo. Na próxima semana vão ser divulgadas as capas, os livros estarão nas livrarias em Outubro.

Nota que acompanha a colecção:

COLECÇÃO EPHEMERA

Esta colecção, realizada em colaboração com a editora Tinta da China, tem como objectivo a divulgação e o estudo dos materiais existentes no ARQUIVO / BIBLIOTECA EPHEMERA de José Pacheco Pereira. Publicará inventários, catálogos, guias de referência, fontes primárias, documentos, manuscritos, correspondência, originais dactilografados, panfletos, etc., e cartazes, fotografias, autocolantes e iconografia diversa. Cada publicação será precedida de um estudos, notas e outros elementos relevantes para a compreensão dos materiais divulgados.
As publicações da COLECÇÃO EPHEMERA funcionam em complemento com o EPHEMERA (http://ephemerajpp.com/). Também presente nas redes sociais Facebook e Twitter.

Uma nova categoria dentro das NOTÍCIAS DO ARQUIVO E DA BIBLIOTECA será COLECÇÃO EPHEMERA, agrupando toda a informação relevante sobre as publicações.

 NO MÊS DE SETEMBRO

Para resolver o atraso dos dois últimos meses nas recolhas e em resposta ás ofertas de colaboração e trabalho (na parte informática e no arquivo e inventariação) , estão a ser organizados transportes e preparadas reuniões. Em breve, começará a ser respondida a correspondência sobre esta matéria. Mais uma vez desculpas pelos atrasos.

DIGITALIZAÇÃO DOS PAPÉIS DO MES

Um extenso, importante e muito completo arquivo do MES foi há algum tempo oferecido por João Neves (ENTRADA DE UM IMPORTANTE ARQUIVO DO MES E DE OUTRAS ORGANIZAÇÕES NACIONAIS E ESTRANGEIRAS) , que, em complemento de outro oferecido  por Isabel Godinho (AGRADECIMENTO E ENTRADA DE UM ARQUIVO DE PAPÉIS DO MES, SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES POPULARES, ETC. ), dão origem a um núcleo de documentação, muita da qual única (manuscritos, p.e.), fundamental para se estudar a área do socialismo radical e de um certo comunismo tardio em Portugal. Já começaram a ser publicados os materiais de 1977  (MES – 1977) e agora estão preparados cerca de 80 documentos de 1978.

ESTAMOS EM PERÍODO ELEITORAL…

…e isso significa muito material para recolher: fotografias de cartazes e outdoors, sedes de campanha, eventos, panfletos, programas, autocolantes e pins. É verdade que a maioria das campanhas emigrou para a Internet, mas mesmo assim há muita coisa física a recolher, até porque há muitos mais partidos a concorrer e alguns muito “invisíveis”. Renovo o meu apelo aos muitos voluntários e amigos para que ajudem a cobrir as actividades da campanha, para dela ficar registo futuro. O surto de publicações em jornais e programas na televisão de materiais de campanhas dos anos anteriores, usando o EPHEMERA, mostra a importância pública deste trabalho que verdadeiramente ninguém faz.

O QUE AÍ VEM

Os bons Amigos do EPHEMERA estão na Festa do Avante! e começaram a sua habitual recolha. Vejam só o que aí vem:

AGRADECIMENTOS

Agradeço a Joaquim F. Miguel a oferta de uma pen com ficheiros relativos a baptismos, casamentos e óbitos ocorridos, desde o século XIX ao princípio do século XX, na freguesia da Marmeleira. Esta informação foi obtida na Torre do Tombo, no arquivo de Santarém, com o objectivo de realizar uma pesquisa genealógica. Trata-se um contributo importante para o NÚCLEO VILA DA MARMELEIRA do arquivo.

1 Comment

  1. Hello
    My great grandfather , Joaquim da Costa was born Marmeleira. He must have been born into a military family just by knowing the characteristics of his personality . I also have reason to believe that he was born into a Sephardic Jewish family . I would like to know more about this branch of the da Costa family . There must be information archived in the Torre do Tombo . I would be very interested and extremely grateful if I could find out more about this family .
    My great grandfather married my great grandmother by proxy . She lived in the North of Portugal , Guarda , and belonged to the Mendes Cabral family on maternal side . The Mendes Cabral women married men with surnames Nunes ( 3rd great grandfather ) and Almeida ( 2nd great grandfather ).
    But mostly I would like to know of the da Costa family possibly from Marmeleira , birthplace of my great grandfather .
    Muito Obrigada
    Christina

Deixar uma resposta