HONG KONG – EDITORES QUE “DESAPARECEM” E LIVROS BANIDOS

EM CONSTRUÇÃO

A Causeway Bay Books de um dos editores “desaparecidos”.

Entrada na rua, escadas, recortes nas paredes, porta de grades fechada.

A muito pequena largura das escadas torna muito difícil fotografar.

Alguns dos livros banidos entrados no ARQUIVO..

Scanner_20160314

Um exemplo do conteúdo de um dos livros banidos: Prisioneiro do Estado: Os Diários Secretos do Presidente Zhao Ziyang (Hong Kong, 2009), entrevistas gravadas de Zhao durante o tempo da sua prisão domiciliária. Zhao estava no poder quando dos acontecimentos da Praça Tiananmen

Recortes (parte de um conjunto de recortes sobre a matéria).

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply