SOBRE A “FÁBRICA DOS PAPÉIS” DO BARREIRO

Foi anunciado pela Baía do Tejo a deslocação de parte dos trabalhos do ARQUIVO / BIBLIOTECA para um armazém situado no espaço da antiga CUF-QUIMIGAL  e um acordo para a realização de um conjunto de iniciativas culturais abertas à comunidade ribeirinha da margem sul do Tejo. A primeira dessas iniciativas será anunciada muito em breve e terá lugar a 24 de Abril.

O armazém já está a ser utilizado há alguns meses e recebeu vários espólios que estão aí a ser tratados, com o  trabalho de voluntários cuja mobilização  tem tido muito sucesso. O seu papel como entreposto para os grandes espólios foi tratado num dos filmes que fizemos em colaboração com a TVI24. O armazém funcionará em complemento com os espaços de Lisboa (Ler Devagar), Torres Vedras, Figueira da Foz, Coimbra, Porto e Viana do Castelo, tendo os arquivos finais o destino da Vila da Marmeleira.

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply