LUÍS FILIPE ROCHA – GUIÃO DA SÉRIE “ATÉ AMANHÃ, CAMARADAS” DE MANUEL TIAGO [ÁLVARO CUNHAL] ANOTADO E COMENTADO POR ÁLVARO CUNHAL

 

Agradeço a Luís Filipe Rocha a importante oferta que fez ao EPHEMERA do original do guião de sua autoria, da série realizada a partir do romance de Manuel Tiago [Álvaro Cunhal], extensivamente anotado pelo próprio Álvaro Cunhal. As anotações manuscritas e as notas dactilografadas que numa fase mais avançada do trabalho enviou a Luís Filipe Rocha, são uma janela sobre Álvaro Cunhal, sobre a sua meticulosidade, a sua atenção ao detalhe, o seu entendimento com base na experiência pessoal, mas também com intenção didáctica, da vida clandestina, assim como aspectos da sua idiossincrasia pessoal, a forma como usa a sua memória, o modo como reconstrói as personagens de um livro com forte conteúdo autobiográfico.

Faremos bom uso do que se pode compreender por estas centenas de notas, uma das raras “exposições” de uma personalidade ímpar da vida política portuguesa do século XX.

 

Alguns exemplos:

Anotações dispersas.

A casa clandestina.

Roupa.

“Não terminar com os gritos e a dor”.

 

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply