NOTAS DO ARQUIVO / BIBLIOTECA EPHEMERA

SUMÁRIO: 1. AGRADECIMENTOS

2. ENTRADAS ÚNICAS: BANDEIROLA DA VISITA DE CRAVEIRO LOPES AO BRASIL E DECRETO DA PRAXE DE 1929

3. APRESENTAÇÃO DO ARQUIVO SÁ CARNEIRO E DE OUTROS ARQUIVOS RELEVANTES PARA A HISTÓRIA DO PPD E DO PSD NA UNIVERSIDADE LUSÓFONA (PORTO, 14 DE MARÇO DE 2019)

4. SESSÃO COM ESTUDANTES DO ENSINO SECUNDÁRIO SOBRE LIVROS, LEITURA, MEMÓRIA E CENSURA NO MUSEU DE LAMEGO (15 DE MARÇO DE 2019)

5. ATENÇÃO ÀS BASES DE DADOS EM CONSTRUÇÃO

 AGRADECIMENTOS

Uma coisa é certa: a cada apelo que fazemos recebemos resposta dos nossos amigos, leitores e colaboradores. Como já aconteceu com a “Greve Feminista”, a “Greve Climática” foi documentada um pouco por todo o país e ainda estamos longe de publicar tudo o que estamos a receber. Mas agradeço desde já à nossa equipa da casa (a que chamamos o “comité central do Ephemera”), e a Isabel Campos,  Joana Canas Duarte (Viana do Castelo), Jorge Henriques (Aveiro e Arouca), Mafalda Senna Fernandes (Lisboa), Joana Veiga Vieira (Vila Real), Helena Sofia (Porto), Ana Maria Cláudio (Torres Vedras), etc. Excelente trabalho!

ENTRADAS ÚNICAS: BANDEIROLA DA VISITA DE CRAVEIRO LOPES AO BRASIL  

 DECRETO DA PRAXE DE 1929

Em latim macarrónico.

APRESENTAÇÃO DO ARQUIVO SÁ CARNEIRO E DE OUTROS ARQUIVOS RELEVANTES PARA A HISTÓRIA DO PPD E DO PSD

NA UNIVERSIDADE LUSÓFONA (PORTO, 14 DE MARÇO DE 2019)

SESSÃO COM ESTUDANTES DO ENSINO SECUNDÁRIO SOBRE LIVROS, LEITURA, MEMÓRIA E CENSURA

NO MUSEU DE LAMEGO (15 DE MARÇO DE 2019)

 

ATENÇÃO ÀS BASES DE DADOS EM CONSTRUÇÃO

As Bases de Dados (disponíveis no menu principal) continuam em construção. As que se tem desenvolvido mais são o REPORTÓRIO DAS PUBLICAÇÕES CLANDESTINAS, SEMILEGAIS E LEGAIS DA OPOSIÇÃO (1926-1974) com cerca de 320 entradas, e CORRESPONDÊNCIA com cerca de 100 entradas. Em ambos os casos, contêm material original que nunca foi publicado nas entradas normais. Está-se a fazer um esforço de correcção retrospectiva de algumas entradas (por exemplo relativas ao MUD) para poderem integrar-se nas bases de dados. Veja, a título de exemplo a entrada MUD – COMISSÃO DE ECONOMISTAS (1946?) que já remete para a base de dados DACTILOSCRITOS ainda muito no início.

Todas as bases de dados são em formato exportável de modo a que possa haver no futuro um upgrade e, clicando nos documentos, estes podem ser vistos no tamanho original.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta