DETECTIVE DOS ARQUIVOS: O QUE SABEMOS SOBRE ESTE ORIGINAL?

Sabemos que se trata da tradução de umas memórias, de uma senhora suiça alemã (?) que esteve em Portugal por volta de 1951, embora haja dois nomes diferentes associados a essas memórias Octavia Krahe e  Cornelia Falken. Sabemos que frequentava uma família Cardin (ou Cardim) em Portugal, e nada mais. Algum amigo pode ajudar-nos a situar este original dactiloscrito?

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply