EPHEMERA DIÁRIO (2ª SÉRIE) – DAQUI FALA RÁDIO MOSCOVO (18 DE FEVEREIRO DE 2021)

Esta é uma das mais conhecidas gravuras de António Domingues representando um grupo de pessoas a ouvir uma rádio clandestina. Não era uma tarefa fácil, porque as emissões eram interceptadas com ruído e o sinal era difícil de captar em rádios pouco potentes. Dada a data da gravura, o mais provável é que estivessem a ouvir a Rádio Moscovo em português, cujas frequências eram publicadas na imprensa clandestina, e que precedeu as duas rádios propriamente “portuguesas”, a Rádio Portugal Livre, que emitia da Roménia e a Rádio Voz da Liberdade, com sede em Argel. No ARQUIVO EPHEMERA, temos essa gravura e muito material sobre as emissões destas rádios, mas temos também um rádio com muito mais potência usado com o mesmo objectivo.

Trata-se de um Sky Buddy, produzido nos anos quarenta do século XX nos EUA, que foi oferecido por Vasco Magalhães Vilhena a António Pinho, ambos intelectuais e escritores militantes do PCP.

1 Comment

  1. A voz forte de Manuel Alegre impressionava na Rádio Voz da Liberdade.

Leave a Reply