ANGOLA – JULGAMENTO DOS MERCENÁRIOS (LUANDA, 1976) – SOM

Ver ANGOLA – JULGAMENTO DOS MERCENÁRIOS (LUANDA, 1976)

 

Luís Miguel Ribeiro – Julgamento de 13 mercenários – Angola, 1976

 

Conjunto de seis cassetes áudio, presumivelmente gravadas a partir da emissão da Rádio Nacional de Angola durante o julgamento, em Junho de 1976, de 13 mercenários ocidentais pela sua participação na guerra civil em Angola pela Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA).

 

Contexto histórico

 

Os treze mercenários – nove britânicos, três americanos e um irlandês – foram capturados pelas forças do MPLA em meados de fevereiro de 1976. Em 26 de maio, foram indiciados pelo Tribunal Revolucionário Popular de Luanda. O julgamento durou de 11 a 16 de junho e foi conduzido por cinco juízes. O juiz presidente foi Ernesto Teixeira da Silva, Procurador Geral de Angola. Os outros juízes foram o ex-Director da Televisão Angolana, dois oficiais militares e um membro do Conselho Nacional das Mulheres em Angola.

As seguintes sentenças foram proferidas em 28 de junho de 1976:

Execução por pelotão de fuzilamento:

* Costas Georgiou (também conhecido por “coronel Tony Callan”), 25 anos (Chipre / Reino Unido)

* Andrew Gordon McKenzie, 25 anos (Reino Unido)

* Derek John Barker, 35 anos (Reino Unido)

* Daniel Francis Gearhart, 34 anos (EUA)

30 anos de prisão:

* Michael Douglas Wiseman (Reino Unido)

* Kevin John Marchant (Reino Unido)

* Gustavo Marcelo Grillo, 27 anos (Argentina / EUA)

24 anos de prisão:

* John Lawlor (Reino Unido)

* Colin Evans (Reino Unido)

* Cecil Martin “Satch” Fortuin (África do Sul / Reino Unido)

16 anos de prisão:

* John Nammock (Irlanda)

* Gary Martin Acker, 21 anos (Estados Unidos)

* Malcolm McIntyre (Reino Unido)

Alguns dos veredictos eram esperados, especialmente em relação a Callan; um dos seus colegas mercenários descreveu-o como “um maníaco homicida, que matava negros apenas por diversão”. No entanto, Gearhart chegou a Angola poucos dias antes de ser capturado; os advogados de defesa forneceram provas de que ele nunca havia disparado e, provavelmente, nem participara em combates. Acker, um ex-fuzileiro naval, havia sido baleado na perna e feito prisioneiro
no seu primeiro combate cinco dias depois de chegar ao país.

O primeiro-ministro britânico, James Callaghan, terá solicitado ao presidente angolano, Agostinho Neto, que mostrasse misericórdia aos homens.  No entanto, os quatro condenados à pena capital foram executados pela polícia militar do MPLA em 10 de julho de 1976.

Rescaldo: Os dois americanos restantes, Grillo e Acker, foram libertados em novembro de 1982 numa troca de prisioneiros realizada pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos.
Os prisioneiros britânicos e irlandeses foram libertados em 1984 após negociações do Ministério das Relações Exteriores britânico.

 

Descrição do Objecto

 

Caixa vermelha, com logotipo Sony, na frente e lombada, com dimensões equivalentes às de uma caixa de cassete vídeo. Contém no interior um conjunto de 6 cassetes áudio, às quais foi atribuída
a seguinte numeração para efeitos de inventário e determinada apenas pela posição original
de cada cassete na caixa:

 

1 4
2 5
3 6

 

 

As gravações contidas nas cassetes foram convertidas para suporte digital, em ficheiros mp3
e, adicionalmente, fez-se uma pesquisa preliminar de material adicional para efeitos
de contextualização histórica. Todos estes materiais foram copiados para o computador
do secretariado da Ephemera a 9 de Março de 2021.

 

Descrição dos materiais produzidos:

 

PASTA: Julgamento dos Mercenários (Luanda, 1976)

 

SubPasta: Audio

             

Nome do ficheiro Conteúdo
Cassete 01-A.mp3 Conversão do conteúdo integral do lado A da cassete nº 1

Cassete 01-B.mp3 Conversão do conteúdo integral do lado B da cassete nº 1

Cassete 02-A.mp3 Conversão do conteúdo integral do lado A da cassete nº 2

Cassete 02-B.mp3 Conversão do conteúdo integral do lado B da cassete nº 2

Cassete 03-A.mp3 Conversão do conteúdo integral do lado A da cassete nº 3
Cassete 03-B.mp3 Conversão do conteúdo integral do lado B da cassete nº 3
Cassete 04-A.mp3 Conversão do conteúdo integral do lado A da cassete nº 4
Cassete 04-B – Audio-01.mp3 Faixas de música gravadas por cima do registo do julgamento
Cassete 04-B – Audio-02.mp3
Cassete 04-B – Audio-03.mp3
Cassete 04-B – Audio-04.mp3
Cassete 04-B – Audio-05.mp3
Cassete 04-B – Audio-06.mp3
Cassete 04-B – Audio-07.mp3
Cassete 04-B – Audio-08.mp3
Cassete 04-B – Audio-09.mp3
Cassete 04-B – Audio-10.mp3
Cassete 04-B – Audio-11.mp3
Cassete 04-B – Audio-12.mp3
Cassete 04-B (Completa).mp3 Conversão do conteúdo integral do lado B da cassete nº 4
Cassete 04-B-01.mp3 Extracto inicial da gravação que corresponde ao julgamento
Cassete 04-B-02.mp3 Extracto final da gravação que corresponde ao julgamento
Cassete 05-A.mp3 Conversão do conteúdo integral do lado A da cassete nº 5
Cassete 05-B.mp3 Conversão do conteúdo integral do lado B da cassete nº 5
Cassete 06-A – Leitura das Sentenças.mp3 Extracto da leitura das sentenças
Cassete 06-A.mp3 Conversão do conteúdo integral do lado A da cassete nº 6
Cassete 06-B – não contém registo magnético

 

 

PASTA: Julgamento dos Mercenários (Luanda, 1976)

 

Restantes ficheiros

 

Nome do ficheiro Conteúdo
1976 Press Photo Angola civil war mercenaries trial.jpg Fotos de rosto de alguns dos réus
American Daniel Francis Gearhart, Left, And Andrew Bordon Mckenzie, British.jpg Fotos de rosto de alguns dos réus
Angola – Julgamento dos Mercenários (Luanda, 1976) – 001.jpg Fotos do julgamento
Angola – Julgamento dos Mercenários (Luanda, 1976) – 002.jpg
Angola – Julgamento dos Mercenários (Luanda, 1976) – 003.jpg
Angola – Julgamento dos Mercenários (Luanda, 1976) – 004.jpg
Angola – Julgamento dos Mercenários (Luanda, 1976) – 005.jpg
Angola – Julgamento dos Mercenários (Luanda, 1976) – 006.jpg
Angola – Julgamento dos Mercenários (Luanda, 1976) – 007.jpg
Angola – Julgamento dos Mercenários (Luanda, 1976) – 008.jpg
Angola – Julgamento dos Mercenários (Luanda, 1976) – 009.jpg
Angola – Julgamento dos Mercenários (Luanda, 1976) – 010.jpg
Angola – Julgamento dos Mercenários (Luanda, 1976) – 011.jpg
Angola – Julgamento dos Mercenários (Luanda, 1976) – 012.jpg
Angola Civil War 1976 British Mercenaries Home.jpg Foto de outros mercenários, não julgados.
Ecvi-xWXoAAJDCK.jpg Fotos de rosto de alguns dos réus
Facing the Firing Squad.jpg Recorte de jornal. Há várias fFonte: https://www.sahistory.org.za/dated-event/three-british-mercenaries-are-sentenced-death-their-part-angolan-civil-war
Fourteen British Mercenaries Executed By Firing Squad In Northern Angola.jpg
Gary Acker Of Sacramento, California, One Of 13 Foreign.jpg Foto de um dos réus
Julgamento.tiff Foto do julgamento
June 1976, Luanda, Costas Georgiou at the show trial.jpg Foto de um dos réus durante o julgamento
Last known photo of British mercenary, Andrew McKenzie, shortly before his execution by firing.jpg Foto de dois dos réus durante o julgamento
Luanda Trial Link para wikipédia: https://www.wikiwand.com/en/Luanda_Trial
MERCENARIES RETURN FROM ANGOLA – NO SOUND  – COLOUR.mp4 Vídeo da Associated Press (4m15s)
Mercenary Colin Evans Who Was Freed From Angola Arriving Back At Gatwick.jpg Foto libertação de um dos condenados (1984)
Phkqnqqnqwy Link para Vídeo da Associated Press (17m58s)

 

RR7625A ANGOLA  THE MERCENARIES’ TRIAL.mp4 Vídeos Associated Press
SYND 13 6 76 MERCENARIES TRIAL IN LUANDA.mp4
SYND 14 6 76 MERCENARIES TRIAL IN LUANDA.mp4
SYND 15 6 76 MERCENARIES TRIAL IN LUANDA.mp4
SYND 13 6 76 TRIAL OF MERCENARY SOLDIERS IN LUANDA.mp4
SYND 18 2 76 MCALEESE ON MERCENARIES KILLINGS.mp4
The Psycho Colonel and Charlie Kebab.png Foto do julgamento

 

 

Luís Miguel Ribeiro

9 de Março de 2021

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply