EPHEMERA DIÁRIO (2ª SÉRIE) – ANTÓNIO COSTA CHEGA AO BARREIRO (11 DE MARÇO DE 2021)

António Costa chegou ao Barreiro desafiando as leis da gravidade, como se estivesse na estação espacial. Está ao contrário, com as perninhas cruzadas, bem disposto e de cartola. Veio da Praça do Saldanha onde esteve mais dignamente ao alto, num cartaz da Iniciativa Liberal, feito pela Mosca.  É enorme, como se vê, e muito mais pesado do que parece. Foi preciso um grupo de voluntários para o tirar da camioneta e tentar levá-lo às costas, com a ajuda de um pequeno carregador da Caterpillar que estava a passar, já se ia a meio do trajecto. Foi um erro de previsão, devia-se ter medido o António Costa com mais rigor, porque chegados ao Armazém 2 verificou-se que não cabia em altura. Teve que se pegar de novo no homem de metal e voltar ao ponto de partida no Armazém 1, com um grande pé direito, onde ele cabia. Lá está de novo, restituído à sua condição vertical numa parede, para onde foi içado também com grande dificuldade e perícia. Razão tem o nosso cartaz: “se acha que o trabalho intelectual é leve, venha trabalhar connosco”.

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply