RUAS E PAREDES DO MONTIJO: FÁBRICA MONTICOR

 

Monticor encerrada há 10 anos não faz esquecer trabalhadores

A Monticor, uma das grandes indústrias corticeiras no Montijo, encerrou há 10 anos, mas os trabalhadores não esquecem que ficaram sem emprego e vão todos os meses reavivar a memória dos administradores com pinturas nos muros.
“Em 27 de Setembro de 2006 os trabalhadores da Monticor temiam o pior que se veio a confirmar dias depois – uma paralisia da produção – já que nesse mesmo dia terminavam a sua última encomenda e que não existiam perspectivas de novas encomendas para a fábrica que estaria condenada ao encerramento e à colocação de 76 trabalhadores no desemprego.
A empresa que estava no sector corticeiro há muitas décadas no Montijo começava a dar ruptura de sinais de encerramento, em Agosto já a empresa teria sido adquirida pela construtora Montiterras.
…)
O tema também muito debatido nas sessões da Câmara Municipal do Montijo levou a que intervenções e moções fossem apresentadas, mas nada surtiu efeito para os 76 trabalhadores que ainda hoje reavivam as memórias dos administradores com o reavivar dos recados que deixaram nos muros da empresa.
Nuno Canta, presidente da Câmara do Montijo, lembra de como foi a luta dos trabalhadores, que “não se conformam nunca com o encerramento da empresa” e o edil salientou ainda que “os trabalhadores contaram com um apoio solidário dos montijenses na altura”.
Segundo o edil, os trabalhadores fazem questão desde o dia que foram para o desemprego reavivar memórias aos antigos administradores, pintando as mensagens que se encontram nos muros da fábrica, mensagens essas que lembram quem os empurrou para o desemprego.”

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply