EPHEMERA EM VISEU (1) – O NÚCLEO DO EPHEMERA NO INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU (OUTUBRO DE 2021)

Colagem de recortes de jornais dos anos cinquenta do século XX, incluindo um sobre a execução do casal Rosenberg.
Panfleto da campanha de Humberto Delgado.

Panfleto de um grupo maoista belga AMADA (?).

Colagem de recorte em cartolina sobre o “Tribunal Popular” da Boa Hora.

 

Imprensa popular nos anos do PREC.

 

Afrique-Asie sobre a independência da Guiné-Bissau.

Alguns dos materiais recolhidos em Viseu.

Foi com grande gosto (e com alguma surpresa pela dimensão) que o grupo de voluntários do ARQUIVO EPHEMERA  de Lisboa e do Barreiro em visita a Viseu, pode ver o enorme trabalho e dedicação dos nossos amigos e voluntários locais, com destaque para  Cláudia Romano, Armando Ferreira e  José Fernandes, no ponto de recolha do Instituto Politécnico de Viseu (IPV). Numa sala dedicada ao Ephemera, encontravam-se expostas várias doações que têm sido feitas no último ano, e que estão a ser inventariadas e catalogadas. É um trabalho que inclui periódicos, panfletos, cartazes, objectos e que irão enriquecer de forma significativa o acervo do ARQUIVO. Os nossos parabéns aos amigos de Viseu!

Tivemos igualmente um encontro com a nova direcção do IPV, com o seu Presidente, Professor José Santos Costa e com membros da sua equipa com destaque para a Professora Helena Vala Correia, sobre as perspectivas da colaboração em comum e da implementação do protocolo assinado entre a Associação Cultural Ephemera e o IPV.

(Na foto com a direcção do IPV tendo como fundo as fotografias de Rui Serrano que tem estado expostas na entrada do IPV, retratando aspectos do trabalho da Associação Cultural Ephemera no Barreiro.)

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply