AUDIO – O INCIDENTE DE SERÉM (MAIO DE 1995)

Esta gravação integral regista o chamado “incidente de Serém”, ocorrido durante a campanha eleitoral de 1995. Em Maio desse ano, um grupo de habitantes de Serém de Cima, no concelho de Águeda organizou uma milícia com o objectivo de perseguir traficantes de droga que actuavam na sua terra. O Jornal de Notícias  descreveu assim  as “três noites “a ferro e fogo“:

Os homens armaram-se de paus, forquilhas e armas de fogo e, encapuzados, a coberto da noite, escorraçaram traficantes e consumidores das ruas da povoação, colocando nas primeiras páginas e no topo da agenda política a questão das “milícias ” e da “justiça popular” (…). Uns patrulhavam as estradas, outros, emboscados nos pinhais, controlavam os movimentos. Os carros eram revistados e os suspeitos retidos e expulsos. A palavra de ordem era “correr com eles” a todo o custo.

Milícias de Serém (fotografia de Manuel Roberto no Público).

Alguns dessas violências foram filmadas e, numa delas, um carro foi virado.  Em plena campanha eleitoral, Paulo Portas candidato do CDS, fez declarações de apoio às milícias de Serém, e uma faixa foi colocada à entrada da freguesia com a frase “Serém apoia Paulo Portas”. José Pacheco Pereira, candidato do PSD, escreveu um artigo criticando a posição de Portas e a “justiça popular” de Serém. Depois disso, uma outra faixa (ou um panfleto?) dizia que o PSD estava “probido” de entrar em Serém.

José Pacheco Pereira resolveu ir a Serém sózinho e pediu aos seus acompanhantes do PSD que ficassem num café à entrada e ,acompanhado pelos jornalistas da TSF e do Público, inciou o trajecto distribuindo panfletos do PSD. A meio do caminho um grupo de homens cercaram o candidato e os jornalistas aos berros e insultos e com ameaças físicas. Um deles tinha uma colher de colocar cimento que chegou ao pescoço e outros invectivaram o jornalista Rui Baptista do Público. A conversa  gravada foi toda travada num ambiente de grande tensão em que a violencia física podia surgir a qualquer momento.

O PSD ganhou as eleições em Serém.

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply