ARQUIVO

NOVAS ENTRADAS PARA AS BASES DE DADOS E APELO ÀS TRANSCRIÇÕES

ACTUALIZAÇÃO NOVAS ENTRADAS  Pouco a pouco, têm sido acrescentadas as bases de dados , em particular ARQUIVO – MANUSCRITOS (cerca de 81 registos) e ARQUIVO – CORRESPONDÊNCIA (cerca de 50 registos). Entre estes registos novos estão documentos e correspondência que justifica ser transcrita para texto. É o caso da correspondência dos voluntários […]

ASSOCIAÇÃO DOS ESTUDANTES DO INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO (AEIST)

ACERVO DE ANTÓNIO CID – MANUSCRITOS, NOTAS, ORIGINAIS DE COMUNICADOS, ETC. DO MOVIMENTO ESTUDANTIL NO IST (ANOS SESSENTA-SETENTA)

António Cid foi um dos estudantes perseguidos pelas suas actividades na AEIST em vésperas do 25 de Abril. Iniciou-se o tratamento, organização inventariação e digitalização dos manuscritos entrados junto com o acervo de António Cid que foi recolhido em Aguiar da Beira  em 2012.  Trata-se de manuscritos, muitos do próprio […]

1932

CASA DO POVO DE LISBOA

  Actas da Comissão Instaladora da Casa do Povo de Lisboa de 4 de Outubro de 1932  a 12 de Março de 1935. Rascunho de 5 de Março de 1935.     10 de Abril de 1935. 8 de Maio de 1935 29 de Maio de 1935.  

ARQUIVO

NOTAS BIOGRÁFICAS DE JOÃO CAEIRO DE SOUSA (1924-2000)

Ver  ENTRADAS: ESPÓLIO ESPERANTISTA DE JOÃO CAEIRO DE SOUSA 1924 (25 de Novembro) – Nascimento no Barreiro. Pai era empregado numa taberna, a mãe tecedeira na CUF. Frequência da Escola do Bairro Operário e depois na do Professor Seixas. 1936-1938 – Fez o 3º ano do Curso Industrial na Escola M. […]

Entradas / Doações

ENTRADAS: “PLANTAS. JARDIM E HORTA” (MANUSCRITO)

Entrou no ARQUIVO um manuscrito com mais de cem páginas intitulado “Plantas. Jardim e Horta” em que, com todo o detalhe, se trata de todos os aspectos relacionados com as plantas, mas também com animais de capoeira e domésticos, com anexos cobrindo técnicas de fotografia e “periquiticultura”. As páginas estão […]

Sem imagem
1950

ESPÓLIO MANUEL SENA REGO – COMISSÃO NACIONAL DA PAZ – 1950

* Páginas manuscritas (por Manuel Sena Rego) e dactilografadas com o registo do número de assinaturas recolhidas, internacionalmente e em Portugal, contra a bomba atómica. O “Apelo de Estocolmo” contra a bomba atómica, lançado pelo Movimento Mundial pela Paz em 18 de Março de 1950,  recolheu milhões de assinaturas por todo […]