EPHEMERA – NOTÍCIAS DA SEMANA (DE 31 DE JULHO A 6 DE AGOSTO DE 2017)

EM CONSTRUÇÃO / A ACTUALIZAÇÃO SERÁ PERMANENTE ATÉ DOMINGO / O BLOGUE HABITUAL CONTINUA A CRESCER EM BAIXO

*

UMA SEMANA EXCEPCIONAL

NÚMEROS

O Facebook dos Amigos do Ephemera atingiu 6012 gostos.

*

NOVIDADES NO SITE DO EPHEMERA: BIOGRAFIAS DA RESISTÊNCIA

Para além de um contínuo acrescentar de materiais nas suas diferentes secções (cartazes, bandeiras, iconografia diversa, etc.) estão em construção mais secções. Entre elas conta-se a  nova secção BIOGRAFIAS DA RESISTÊNCIA .

Biografias da Resistência é um conjunto de pastas com informação biográfica, mais ou menos tratada, e nalguns casos dando origem já a um embrião de biografia, resultado dos trabalhos de José Pacheco Pereira relativos à história do PCP, da extrema-esquerda e outras formas de radicalismo, e de um modo geral de pessoas que combateram a ditadura do Estado Novo de 1926 a 1974. Este é o critério de entrada: ter tomado uma posição, participado de um grupo, ter sido preso, assumir uma posição individual de carácter público, ser autor de um documento, panfleto, livro proibido, etc. ligado à oposição ao regime da ditadura.

Em muitos casos trata-se apenas da indicação de um nome a pesquisar, noutros de pastas em construção, agregando alguma informação de natureza biográfica existente no ARQUIVO / BIBLIOTECA EPHEMERA, seja de livros, artigos, recortes, fotografias, fotocópias, panfletos, etc. referências bibliográficas ou a publicações na Rede. Muito material é inédito, outro resulta da fusão de informação recolhida nas bibliografias e biografias publicadas anteriomente nos ESTUDOS SOBRE O COMUNISMO e no DICIONÁRIO DA ESQUERDA RADICAL e em vários livros. A formatação das entradas ainda está muito caótica dadas as diferentes origens da informação, mas será progressivamente corrigida.

Para além disso e beneficiando das melhores características de um site em relação a um blogue, para manter informação estática ou poucas vezes modificada, estão a ser colocadas páginas de ESPÓLIOS, que estão a ser preenchidas e actualizadas. É o caso das fotografias do exílio em Cabo Verde no ESPÓLIO DE ARMANDO HASSE FERREIRA, uma entrada sobre o ESPÓLIO DO CORONEL VICENTE DA SILVA, e, em breve, do ESPÓLIO DE CÉSAR OLIVEIRA e da COMISSÃO DE TRABALHADORES DA MANUTENÇÃO MILITAR.

AGRADECIMENTOS E ENTRADAS

PASTAS ENTRADAS NO ARQUIVO

(Em breve.)

*

Entradas de periódicos e jornais antigos encadernados.

*

Entraram novas partituras para uma já vasta colecção de operas, concertos, sinfonias, canções, peças de piano, músicas diversas, etc.

*

DOAÇÃO DE JOSÉ MARIA CARVALHO FERREIRA

José Maria Carvalho Ferreira recebeu uma delegação do EPHEMERA  na sua Adega Acrata e depois na Vivenda Acrata, onde a sua hospitalidade foi excepcional. Os materiais oferecidos ao ARQUIVO / BIBLIOTECA são muito relevantes para as colecções relativas ao movimento anarquista internacional e português. Incluem cartazes, livros, panfletos, revistas e jornais, audio-visuais .

Em breve, se fará uma lista mais detalhada.

Algumas entradas já feitas com material oferecido:

MERDA
ZE BAREMBE” – TEXTOS ANARQUISTAS
GRUPO ANARQUISTA PEDRO KROPOTKINE
UNIÃO DE LIBERTÁRIOS E ANARQUISTAS
GRUPO “OS ACRATAS”
BRASIL – “OUTROS 500 – PENSAMENTO LIBERTÁRIO INTERNACIONAL” (S.PAULO, 24-9 DE AGOSTO DE 1992)
CARTAZES ANARQUISTAS (NÃO ASSINADOS)
INSTITUTO PARA A EXPANSÃO DA POESIA CRIMINAL
COLECTIVO DESERTORES DA ORDEM SOCIAL REINANTE
REUNIÃO DE ANARQUISTAS DA REGIÃO DO TEJO (25/10/1987)
GRUPO ANARQUISTA “ACÇÃO DIRECTA”

MANUSCRITOS


Primera folha do catálogo manuscrito dos livros do anarquista José de Brito.

CARTAZES

Exemplos de cartazes.

PERIÓDICOS

 

INVENTÁRIO PROVISÓRIO DOS MATERIAIS AUDIOVISUAIS.

[table “4” not found /]

*

ESPÓLIO DA COMISSÃO DE TRABALHADORES DA MANUTENÇÃO MILITAR

Cartazes, panos e faixas usadas em manifestações.

Entrou no ARQUIVO  a totalidade do Espólio da Comissão de Trabalhadores da Manutenção Militar, incluindo centenas de pastas de documentação, cartazes, panfletos, objectos, bandeiras, equipamentos  usados pelas equipas desportivas, etc.

*

DO PORTO PARA LISBOA

Com a vinda do Mira no Porto para Lisboa de várias ofertas aí depositadas, podemos agora proceder aos agradecimentos há muito devidos.

*

Agrradeço a Judite Filomena a oferta de um vasto conjunto de documentação, incluindo uma colecção de peças de teatro e de representações amadoras, muitas das quais usadas pela Associação Recreativa”Os Malmequeres de Noeda”.

*

Agardeço a José Nunes Carneiro a oferta de quatro caixas com dezenas de  livros que estão agora a ser organizados e inventariados.

*

(Mais em breve.)

Cartazes artesanais usados em manifestações no Porto, 2017.

*

MATERIAIS DO PS

 Cachecóis.

Com origem em Torres Vedras.

*

Agradeço mais uma vez a Jorge Henriques o contínuo envio de novo material para o ARQUIVO. É a ele que devemos esta faixa de um comício do PCP com Cunhal no Porto, em 1980.

*

Agradeço a Tino Brugos e a Eduardo Abad o envio de uma série de conjuntos de materiais políticos das Astúrias, nos quais se inclui vária documentação LGBT.
*
Agradeço a Paulo Jorge Vieira mais uma oferta de materiais do Bloco de Esquerda.

*

 

VISITAS AO ARQUIVO

Continua um fluxo permanente de visitas ao ARQUIVO/BIBLIOTECA  EPHEMERA, muito limitadas pela disponibilidade pessoal e pelo tempo. Neste caso, a 3 de Agosto, a visita foi a do candidato do PS à CM de Rio Maior Daniel Pinto, e dos seus acompanhantes. As portas estão abertas a todos os candidatos autárquicos.

CONFERÊNCIAS EPHEMERAS

A ASSOCIAÇÃO CULTURAL EPHEMERA vai organizar uma série de pequenas conferências /palestras/conversas/ debates com alguma regularidade e com temas muito diversos. Essas CONFERÊNCIAS EPHEMERAS incluirão pré-apresentações de livros da colecção, feita em colaboração com a Tinta da China, divulgação de espólios e documentos entrados, temas associados com o papel dos “arquivistas cidadãos”, apresentação de investigações feitas com materiais do ARQUIVO, e, de um modo genérico, tudo que diga respeito ao nosso trabalho.

Essas CONFERÊNCIAS ocorrerão nas Livrarias Férin e Ler Devagar e são abertas ao público.

Em Setembro:

Bruno Caseirão sobre os fundos do ARQUIVO  relativos ao Teatro Nacional de S.Carlos nas décadas de quarenta a setenta. do século XX.

Júlia Leitão de Barros sobre o modo como se moldou a Censura nos seus primeiros anos (a partir dos fundos existentes no ARQUIVO sobre a Censura nos anos trinta).

*

O ESFORÇO DAS AUTÁRQUICAS

debates35

Existem 308 concelhos com, pelo menos, quatro listas por concelho. Dá mais de 1200 listas. Se, em cada concelho, por lista, existirem pelo menos cinco documentos (outdoor, cartaz, lista, programa, um panfleto de apelo ao voto, ou “brindes”) temos à volta de 6000 espécimes.

Existem 3091 freguesias. Se fizermos uma contabilidade minimalista, há uma média de duas listas por freguesia, cerca de 6200 listas autárquicas. Se, em cada freguesia houver pelo menos dois itens de propaganda eleitoral (um cartaz e um programa) , temos cerca de 12400 espécimes para recolher

Ou seja, há pelo menos 20000 espécimes para recolher. Na verdade, há muito mais. E ninguém está a fazer este trabalho.

*

AUTÁRQUICAS 2017 – MAPA DOS MATERIAIS E FOTOS QUE INGRESSARAM NO ARQUIVO

*

Para facilitar as procuras relativas às eleições autárquicas de 2017 há uma nova página de índice dinâmica que se encontra aqui.

*

NÃO É DESLEIXO, É PURA FALTA DE TEMPO…

(ISTO ESTÁ TÃO GRAVE QUE TENHO MESMO QUE REPETIR ESTA NOTA…)

bibjppaldef6134b_brb… que faz com que haja atraso nas respostas, nalguns casos de meses, para tudo: ofertas, doações, convites, pedidos de visitas, etc, etc. Apesar de toda a actividade que desenvolvemos, e apesar dos esforços de muitos dos nossos voluntários mais dedicados, não existe nada de parecido com um “secretariado”. Por isso basta uma viagem, uma falta de transporte, uma conferência ou palestra a mais numa semana, uma falta de electricidade, uma avaria na Rede, para haver a jusante um qualquer atraso.  Este é um trabalho de amadores, no sentido preciso do termo, e o tempo é a única coisa que a dedicação não resolve. Desculpem por isso, os atrasos – não é desleixo é falta de tempo.

*

APELOS

VENEZUELA

 

*

O DETECTIVE DOS ARQUIVOS

Que bandeira é esta?

Parece suficientemente antiga para não ser dos movimentos LGBT.

*

EPHEMERA EM LISBOA/ PORTO/ TORRES VEDRAS / VIANA DO CASTELO

TRABALHOS NA  26 de março de 2016

ASSOCIAÇÃO CULTURAL EPHEMERA ©
*

Ver aqui.

EPHEMERAS recolhas no  MIRA FORUM

TRABALHOS EM VIANA DO CASTELO

*

COLECÇÃO EPHEMERA

CARTAZES DO EPHEMERA

Cartazes  de Miguel Januário.

Está feita uma primeira tiragem destes cartazes que podem ser enviados a quem pretenda colocá-los em locais públicos.

*

*

Ver EPHEMERA – NOTÍCIAS DA SEMANA (DE 24 A 30 DE JULHO DE 2017)

*

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply