EPHEMERA – NOTÍCIAS DA SEMANA (DE 25 DE SETEMBRO A 1 DE OUTUBRO DE 2017)

EM CONSTRUÇÃO / A ACTUALIZAÇÃO SERÁ PERMANENTE ATÉ DOMINGO / O BLOGUE HABITUAL CONTINUA A CRESCER EM BAIXO

*

FAÇA PARTE DA ASSOCIAÇÃO CULTURAL EPHEMERA ©

*

*

APELO: CATALUNHA

Netes dias “quentes” do referendo na Catalunha, precisamos de tudo: panfletos, cartazes, bandeiras, pins, autocolantes,  fotografias das ruas e das paredes.

Obrigado.

 *

NÚMEROS

Mapa interactivo das autárquicas.

1.050 listas seguidas.

19.380 visitas

.Visitantes na Exposição sobre as eleições autárquicas em Viana do Castelo

.1119

*

O ESFORÇO DAS AUTÁRQUICAS:

12.115 CANDIDATURAS (CONCELHOS E FREGUESIAS)

Estes dias são a última oportunidade de recolhas antes das eleições, depois começa a destruição.

O TRABALHO DE RECOLHA NÃO ACABA COM AS ELEIÇÕES!

*.

Estamos no pico da actividade eleitoral das autárquicas. Milhares de freguesias e centenas de concelhos estão inundados de propaganda eleitoral, e as últimas colocações de cartazes com apelo directo ao voto começam a aparecer, o que significa que estão também as desaparecer as primeiras séries de cartazes eleitorais. Programas e panfletos, listas de nomes e fotografias estão a ser distribuídos por toda a parte, e,  nas ruas, toda a parafernália de “brindes” são oferecidas ao “povo”. O que não recolhemos esta semana, dificilmente será recuperado e todos os nossos amigos tem feito um enorme esforço, com a entrada (ainda por publicar) de quase 500 fotografias e muitas centenas de papéis, bandeiras, emblemas, autocolantes, dísiticos, T-shirts, material escolar, etc. . O nosso objectivo primeiro é a recolha e não a publicação, que certamente continuará durante muito mais tempo para além das eleições, como acontece com materiais de 2013 que ainda estão por publicar, mas estão seguros.  Está também no tempo de visitar as sedes, que agora estão mais tempo abertas e que são a maneira mais eficaz de recolher muito material.

*

AUTÁRQUICAS 2017 – MAPA DOS MATERIAIS E FOTOS QUE INGRESSARAM NO ARQUIVO

NOVO – Duas páginas e um mapa  para ajudar a acompanhar o trabalho das autárquicas:

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS DE 2017

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS DE 2017 – CONCELHOS E FREGUESIAS  (Pagina em construção)

Em ambos os casos, o material recenseado é o públicado, não o recebido e por publicar.

*

COBERTURA 

[visualizer id=”281138″] [visualizer id=”281145″]  (com pelo menos uma lista)

*

Amigos e voluntários que têm vindo a recolher informação das campanhas, entre os quais (lista sempre a ser actualizada): Joana Pulido, Ricardo Morais, Jorge Nunes, Rogério Santos, Emanuel Tiago, Hélder Rodrigues, Ana Pinto, João Rebelo Martins, Luís Miguel Vinagre, António Leal, Júlio Sequeira, Mafalda Viana, Mafalda Braz Teixeira, Catarina Horta, Ana Calçada, Rui Henriques, Manuel Seixas, António Rosa, Rita Maltez, Irene Simões, Jorge Henriques, Maximiano Pinto, Maria Faustino, Isabel Campos (e os amigos de Viana), Bernardo Gouveia, Joaquim Matos, Vítor Crespo, Manuel Modas, Graciete Caldeira, José Carlos Santos,  Eduardo Costa Pinto, Renato Soeiro, Patrícia Seixas, José Manuel Rocha, Tiago Salgueiro, António Aguiar, Helder Barros, Ana Maria Abrantes, Tiago Ferreira, Ascenso Simões, Joaquim Bastos, Rui Dinis Silva, Henrique Sá-Melo, Pedro Silveira, Pedro Madureira, Luís Pinto, Armando Martinho, Helder Barros, Vítor Lemos, Isabel Arantes, Fabian Figueiredo, Gonçalo Brito Graça, Helder Rodrigues, João Capote, Catarina Ruivo, Jaime Silva, Manuel Peixoto, John Rosas Baker, João Grenha, Agostinho Silva, Carlos Gonçalves, António M., Pedro Mestre, Catarina Ruivo, Alexandre Borges, Pedro Cardoso, Liam Byrne, Carlos Nuno, Joana Reis, Pedro Ferreira  e muitos outros.

Cerca de 4000 emails com informação sobre as autárquicas foram recebidos entre Julho e Setembro, cerca de 2000 fotografias e panfletos estão ainda por publicar. Como muitas actualizações são invisíveis porque ocorrem em partes mais antigas do blogue, a melhor maneira de acompanhar o estado de cada entrada é através da página listando o conjunto das entradas.

*

BOM TRABALHO!

No Público de – Associação quer criar arquivo com todo o material da campanha autárquica

Cartazes, folhetos, bandeiras e brindes: a associação cultural Velha-a-Branca está a recolher todo o material das candidaturas à câmara de Braga e às 37 juntas de freguesia para ter um arquivo completo destas autárquicas. Iniciativa baseia-se no projecto Ephemera de Pacheco Pereira.

Todos os objectos da campanha para as eleições autárquicas de 01 de Outubro, sejam eles da coligação Juntos por Braga (PSD, CDS/PP e PPM), que deteve o poder municipal nos últimos quatro anos, do PS, da CDU, do BE ou de candidaturas independentes, como acontece na União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade, em plena cidade, vão ser, se tudo correr bem, reunidos num arquivo no futuro, disponível para os cidadãos, caso a Velha-a-Branca seja bem sucedida na recolha.

“Já recolhemos testemunhos orais, já recolhemos documentos”, adiantou o presidente desta associação fundada em 2004, Luís Tarroso Gomes, explicando que o arquivo pretende albergar a imensa multiplicação de objectos associados às “centenas de candidaturas” que existem num “concelho multiplicado por 37 juntas” e, posteriormente, servir de base a “exposições, a investigações e a publicações”.

Até agora, a associação Velha-a-Branca recolheu algum do material disponível sobretudo nas sedes de campanha no centro da cidade, mas ainda está longe de tudo o que existe no que diz respeito a propaganda eleitoral no sétimo município do país com mais freguesias — era o terceiro antes da reforma administrativa de 2013, com 62.

O responsável admitiu, aliás, que, nos pontos mais distantes do núcleo urbano, o trabalho é “muito complicado”, até porque “todos os dias estão a aparecer coisas novas” e qualquer informação é relevante para o desejado acervo, esteja ela em “cartazes” ou em “brindes”. Luís Tarroso Gomes frisou ainda que o maior problema associado à perda de material de actos eleitorais anteriores é o facto de ninguém se lembrar de os guardar, salvo alguns particulares.

“Há outras pessoas que fazem isso em Braga e que têm material de outras eleições. Nós temos a possibilidade de ficar com essas coisas, mas sobretudo queremos é não perder as que estão a acontecer”, disse o responsável.

Iniciativa replica Ephemera

A iniciativa que a associção Velha-a-Branca pretende desenvolver no concelho de Braga é semelhante ao que a Ephemera, associação cultural fundada por José Pacheco Pereira, está a promover à escala nacional neste acto eleitoral, apelando ao envio de material de campanha de qualquer freguesia ou município.

Inicialmente criada para divulgar o arquivo contido na biblioteca do historiador e antigo deputado na Assembleia da República, a associação apoia-se nos voluntários espalhados pelo território nacional para recolher qualquer documento associado às autárquicas.

Para estas eleições, a Ephemera disponibiliza no seu sítio na Internet um mapa interactivo, que conta já com material de 1050 listas candidatas,depois de, em 2013, também ter levado a cabo esta recolha. A associação, aliás, organizou no Minho, mas em Viana do Castelo, de 15 a 24 de Setembro, uma exposição com o material das eleições autárquicas que decorreram entre 1976 e 2013.  

*

AGRADECIMENTOS E ENTRADAS

PASTAS ENTRADAS NO ARQUIVO

 

*

Um novo sistema de indexação numa base de dados começou a ser usado experimentalmente, em particular para os milhares de documentos, imagens, objectos, fotografias, que estão de algum modo “desirmanados” na terrível categoria de “vários”.

*

[table “52” not found /]

*

AGENDA DO EPHEMERA

NO PORTO

img_3608

 

Material do EPHEMERA do Arquivo de José Pacheco Pereira
MIRA FORUM
Rua de Miraflor 159
4300-334, Campanhã
Porto
Horário: terça a sábado das 15h00 às 19h00
Entrada livre

*

Em breve no

EM LISBOA

CONFERÊNCIAS EPHEMERAS

A ASSOCIAÇÃO CULTURAL EPHEMERA vai organizar uma série de pequenas conferências /palestras/conversas/ debates com alguma regularidade e com temas muito diversos. Essas CONFERÊNCIAS EPHEMERAS incluirão pré-apresentações de livros da colecção, feita em colaboração com a Tinta da China, divulgação de espólios e documentos entrados, temas associados com o papel dos “arquivistas cidadãos”, apresentação de investigações feitas com materiais do ARQUIVO, e, de um modo genérico, tudo que diga respeito ao nosso trabalho.

Essas CONFERÊNCIAS ocorrerão nas Livrarias Férin e Ler Devagar e são abertas ao público.

Bruno Caseirão – Retratos de uma Lisboa Musical.

11 de Outubro de 2017

 
A partir de dois espólios musicais de grande importância, depositados e em investigação na EPHEMERA, procurar-se-á evocar e (re)descobrir, por ventura de forma  inesperada, a vida musical Lisboeta “informal” das décadas de 40-60 do século passado, o que possibilitará também uma melhor compreensão da relação entre determinadas personalidades e as instituições musicais, em particular o Teatro Nacional de São Carlos, e a acção mecenática de Elisa de Sousa Pedroso e do Círculo de Cultura Musical.

*

Júlia Leitão de Barros – Sobre o modo como se moldou a Censura nos seus primeiros anos.

18 de Outubro de 2017.

A partir dos fundos existentes no ARQUIVO sobre a Censura nos anos trinta.

*

O “EPHEMERA” VAI TER UM PROGRAMA SEMANAL NA TVI24

A começar em Outubro.

 *

NOVIDADES NO SITE DO EPHEMERA:

(Em breve.)

*

APELOS

*

O DETECTIVE DOS ARQUIVOS

(Em breve.)

*

EPHEMERA EM LISBOA/ PORTO/ COIMBRA / FIGUEIRA DA FOZ/  TORRES VEDRAS / VIANA DO CASTELO

TRABALHOS NA  26 de março de 2016

*

EPHEMERAS recolhas no  MIRA FORUM

TRABALHOS EM VIANA DO CASTELO

 

*

 

*

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply