ENTRADA – PAPÉIS DE PEDRO RAMOS DE ALMEIDA – CASO HUMBERTO DELGADO

Agradeço a João Ramos de Almeida e a Nuno Ramos de Almeida a oferta ao ARQUIVO EPHEMERA de papéis e livros de seu pai Pedro Ramos de Almeida (1932-2012). Trata-se de uma das personagens mais importantes da história da oposição à ditadura, militante do MUDJ, do PCP e do MDP/CDE, conheceu a prisão, a tortura, a clandestinidade e o exílio. Publicou vários livros entre os quais O Assassínio do General Humberto Delgado.  Em breve, faremos uma nota biográfica mais completa.

Este conjunto de 18 dossiers engloba uma vastíssima documentação sobre o General Humberto Delgado, a sua participação no golpe de Beja, o seu assassinato, o “caso” Delgado e o processo dos seus assassinos. Foram organizados no escritório de Fernando de Abranches-Serrão, um dos advogados do processo e familiar de Pedro Ramos de Almeida, e são documentos únicos que compreendem não só as peças processuais e da investigação da Polícia Judiciária, como manuscritos,  correspondência, notas, dactiloscritos originais. São, no seu conjunto, um dos fundos documentais mais importantes sobre Humberto Delgado e o seu assassinato.

 

PROCESSO

 

CASO GENERAL HUMBERTO DELGADO

 

 

ASSASSINATO

 

 

INTENTONA DE BEJA

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta