A “SOCIEDADE DAS 5 CORÔAS”

 

Exactamente o que fazia esta “Sociedade das 5 Corôas” nos anos quarenta não é possível perceber pelo pequeno espólio que sobrou, reduzido a dois cadernos e um conjunto de recortes inseridos no seu interior, e a um dactiloscrito sobre a participação portuguesa na I Guerra. O mais provável é que os cadernos de contas registassem quotizações de vários sócios, atingindo mesmo assim quantias razoáveis, e que eram usadas para comprar jogo e fazer viagens. Pelos recortes e pelo dactiloscrito é provável que entre os seus membros existissem alguns militares.

 

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply