NÚCLEO DO TEMPO NO EPHEMERA: Coisas do Ephemera – Santo António não pregou só aos peixes… também falou com as rãs…

Em Montpellier, em plena zona de influência do movimento cátaro, luta contra a heresia e aprende a falar a língua d’oc ou falar occitânio. A hagiografia antoniana refere que, nessa cidade, estando a dar aulas aos seus confrades, o ruído do coaxar de rãs num lago vizinho o incomodou. Saiu, invectivando-as para que se calassem. E as rãs ficaram de imediato mudas. Até hoje, dizem os locais, as rãs desse lago adjacente ao mosteiro franciscano de Montpellier terão ficado em silêncio, à espera que Santo António, Doutor da Igreja, lhes indique que já podem voltar a coaxar.

Mais, no blogue de Fernando Correia de Oliveira, Estação Cronográfica.

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply