EPHEMERA DIÁRIO (2ª SÉRIE) – PRÓS E CONTRAS (22 DE FEVEREIRO DE 2021)

 

Nas democracias a diferença é mais importante do que o consenso e o unanimismo. Depois de 48 anos de ditadura, o consenso tem melhor fama do que a diferença, e talvez seja esta uma das heranças mais insidiosas que a longa censura deixou à democracia. É natural que haja prós e contras em praticamente todas as questões relevantes. Há gente a favor e contra as vacinas, contra e a favor do espaço crescente das bicicletas nas cidades, pró e contra a figura de Marcelino da Mata, a favor e contra o 25 de Abril, a favor e contra a Igreja, por aí adiante. Não me pronuncio sobre o mérito das causas, mas a favor da sua expressão. Nem sempre muita gente está de um dos lados mas, para julgar a questão, isso não é o mais importante. Nem sempre um lado fala às abertas, o que é sempre mau. O ARQUIVO EPHEMERA está cheio destas contradições. Em cima um cartaz artesanal a favor da exploração do lítio, em baixo uma foto de uma manifestação contra o lítio, em Viana do Castelo.

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply