O NOSSO SILÊNCIO É O RUÍDO DO NOSSO TRABALHO …

… para minimizar a destruição destes dias.

 

(cartazes apagados e destruídos no Porto)

ACTUALIZADO

Estamos a fazer um último esforço para salvar tudo o que é possível da memória destas eleições autárquicas. Fotografamos centenas de cartazes, visitamos sedes, recolhemos panfletos e cartazes abandonados. A destruição já começou, acelerada no Norte pela chuva e por alguns partidos que querem apagar o mais depressa possível o rastro de candidaturas falhadas. Apelamos a todos, candidatos e campanhas, sedes, juntas de freguesia e serviços de limpeza, aos nossos amigos e voluntários para mais um esforço. Podem continuar a enviar fotos e digitalizações, mesmo que demore a sua publicação, e façam a recolha física de tudo, dadas as caraterísticas materiais do nosso arquivo. 

Podem sinalizar-nos o local e tentamos ir lá buscar as coisas, podem entregá-las nos locais de recolha do EPHEMERA em todo o país (Galerias Mira no Porto, Café Girassol em Viana do Castelo, Café Santa Cruz em Coimbra, Livraria Ler Devagar na Lx Factory em Lisboa, nos armazéns do Barreiro), ou envia-las pelo correio para a ASSOCIAÇÃO CULTURAL EPHEMERA (Rua Brito Camacho, 6; 2014-158 Vila da Marmeleira, Rio Maior ou Caixa Postal nº 5102 Parque Empresarial do Barreiro,2831-904 Barreiro).

O nosso objectivo primeiro é a recolha e não a publicação, que certamente continuará durante muito mais tempo para além das eleições.  A publicação dos materiais recebidos continuará, embora num ritmo mais comedido de 5-10 entradas por dia, para se encontrar o equilíbrio com os outros materiais do ARQUIVO / BIBLIOTECA.

Tenham em conta que, hoje, é o EPHEMERA que muitos consultam para obter uma informação mais substantiva sobre as campanhas tais como existiram.

Em breve faremos uma lista de todos os que contribuiram para esta tarefa única.

Obrigado a todos.

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply