AGRADECIMENTOS E ENTRADAS (3): PAPÉIS DE MAURÍCIO PINTO E CRISTINA TORRES; DOCUMENTOS PARA A HISTÓRIA DA FIGUEIRA DA FOZ; NEO-REALISMO E PROCESSOS PIDE

Publicações neo-realistas de Coimbra nos anos trinta.

Numa recente visita ao ARQUIVO / BIBLIOTECA , um grupo de amigos do EPHEMERA  de Coimbra e da Figueira da Foz, entre eles Pedro Mendes de Abreu e Joaquim Sousa, ofereceram mais um conjunto de materiais que completam espólios já anteriormente entrados. Pedro Mendes de Abreu trouxe mais materiais de Maurício Pinto, relativos à sua actividade pessoal e viagens, assim como às suas publicações rotárias e materiais relevantes para a história da Figueira da Foz.

Imagem (452)Passaporte.

Ex-libris.

Joaquim Sousa ofereceu ao ARQUIVO cópias dos seus processos da PIDE, assim como um conjunto de materiais utilizados na sua biografia de Cristina Torres, incluindo a correspondência com Maurício Pinto, assim como vários originais manuscritos. Cristina Torres (1891-1975)  militante republicana, pedagoga, dedicada á condição operária e associativa da sua terra natal, a Figueira, teve um papel activo na oposição ao regime da ditadura.

Carta de Cristina Torres a Maurício Pinto, 17 de Dezembro de 1937.

Manuscrito de Crsitina Torres.

Página de um processo PIDE de Joaquim de Sousa.

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta