CORRESPONDÊNCIA DE E PARA HENRIQUE GALVÃO (BUENOS AIRES, ARGENTINA E CARACAS, VENEZUELA 1959-1960)

EM CONSTRUÇÃO

Inicia-se no EPHEMERA  a publicação do conjunto de correspondência enviada e recebida por Henrique Galvão entre 1959-1960, de Buenos Aires, Argentina, e Caracas, Venezuela. Este “copiador”, da correspondência enviada por Galvão e o conjunto de originais de cartas recebidas, fazem parte de uma dossier maior que inclui outro tipo de documentação que, a seu tempo, também será publicado. A importância desta correspondência é muita para a história da oposição portuguesa no exílio na América Latina, para o período posterior ao “furacão Delgado”, e para o conhecimento das ideias e da acção de Galvão em vésperas do assalto ao Santa Maria que ocorre exactamente no final deste período de correspondência em Janeiro de 1961.

De Henrique Galvão a Sergio Antillano (director de La Esfera)

De Henrique Galvão ao Director do Correio da Manhã (Brasil)

Caracas, Fevereiro de 1960.

De Henrique Galvão ao Embaixador Vasco Leitão da Cunha

Caracas, 7 de Janeiro de 1960.

Nota: Vasco Leitão da Cunha (1903-1984) foi um diplomata brasileiro e posteriormente Ministro das Relações Exteriores. Foi o primeiro embaixador do Brasil na URSS.

De Henrique Galvão a correspondente não identificado (Humberto Delgado?)

Caracas, 8 de Novembro de 1959.

De Henrique Galvão ao Director de Ecos de Portugal (Caracas)

Caracas, 11 de Fevereiro de 1960.

De Henrique Galvão (em nome do Movimento Nacional Independente) ao Embaixador de Cuba na Venezuela

Caracas, Março de 1960.

De Henrique Galvão ao Presidente Juscelino Kubitschek

Buenos Aires, 29 de Outubro de 1959.

DE Henrique Galvão a Horacio Lafer (Ministro das Relações Exteriores do Brasil)

Caracas,   2 de Janeiro de 1960.

De Henrique Galvão a Patrice Lumumba

Caracas, 23 de Julho de 1960

De Henrique Galvão a Pascoal Carlos Magno (Chefe de Gabinete do Presidente Juscelino Kubitschek)

Buenos Aires, 29 de Outubro de 1959.

De Henrique Galvão (em nome do Movimento Nacional Independente) ao Ministro de Negócios Estrangeiros da Venezuela

Caracas, 17 de Fevereiro de 1060

De Henrique Galvão a Júlio da Costa Mota

Buenos Aires, 14 de Outubro de 1959.

Nota: Engenheiro, dirigente da Junta Patriótica Portuguesa da Venezuela.

De Henrique Galvão a João Alves das Neves

Buenos Aires, 12 de Outubro de 1959.

Caracas, 8 de Janeiro de 1959 (erro de Galvão, 1960)

Nota: João Alves das Neves (1927-2012) foi jornalista, professor universitário e membro da oposição no exílio no Brasil. Foi redactor do Estado de S. Paulo.

De Henrique Galvão a Sarmento Pimentel, Santos Rodrigues e Carlos Cruz

Caracas, 11 de Dezembro de 1959

De Henrique Galvão a Rodolfo Prada

Caracas, 7 de Novembro de 1959.

Nota: Rodolfo Prada (1892-1980) foi um activo militante do galeguismo na América Latina, amigo e protector de Castelao, e que pertenceu a várias associações galegas no exílio.

De Henrique Galvão a Sebastião Ribeiro

De Henrique Galvão para Miguel Urbano Rodrigues

Buenos Aires, 20 de Outubro de 1959.

Caracas, 10 de Novembro de 1959.

 

De Henrique Galvão a correspondentes não identificados.

Caracas, 9 de Novembro de 1959.

s,d.

 

Ver  EPHEMERA – NOTÍCIAS DA SEMANA (28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2015) – 5

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply