NÚCLEO DO TEMPO NO EPHEMERA: Coisas do Ephemera – doação de relógios da antiga Relojoaria Granada, Lisboa

“Aspecto do conjunto de relógios que Horácio Zagalo, dono da antiga Relojoaria e Joalharia Granada, ofereceu para o Núcleo do Tempo do Arquivo Ephemera. Obrigado!

Fundada em 1975 por Artur Cunha, que vinha de Luanda, a Granada, que estava no nº 155 da Rua Augusta, em Lisboa, passou em 1987, por morte do proprietário, para Horácio Zagalo, que aí esteve até ao seu encerramento, em 2013, devido à nova Lei do Arrendamento.”

Fernando Correia de Oliveira no seu blogue “Estação Cronográfica

 

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply