EPHEMERA – NOTÍCIAS DA SEMANA (DE 29 DE AGOSTO A 4 DE SETEMBRO DE 2016)

EM CONSTRUÇÃO / ACTUALIZADO

Ver EPHEMERA – NOTÍCIAS DAS SEMANAS (JULHO-AGOSTO DE 2016) – SUPLEMENTO DA BIBLIOTECA

*

EM BREVE: MAIS SOBRE OS DOCUMENTOS DE HENRIQUE GALVÃO QUE ESTÃO NA LISTA DE TRANSCRIÇÕES 

e que são muito importantes também para os nossos amigos espanhóis. Trata-se de uma fonte inédita (tanto quanto pude apurar)  sobre os primeiros dias da guerra civil espanhola na zona de Llerena – Badajoz -Sevilha, onde ocorreram algumas das maiores violências de todo o conflito.

Ver  RELATÓRIOS DE HENRIQUE GALVÃO NUMA MISSÃO SECRETA A ESPANHA NO INÍCIO DA GUERRA CIVIL (AGOSTO DE 1936)

*

9 DE  SETEMBRO NO PORTO

Apresentação Ephemera_Porto

*

UMA NOVA CONCEPÇÃO DE LUTA- DOCUMENTOS E MATERIAIS DA LUAR E DE PALMA INÁCIO NO ARQUIVO EPHEMERA

Copy of Scanner_20160604 (4)

Notícia do Times de 28 de Dezembro de 1969.

No mesmo dia do lançamento da colecção no MIRA FORUM estará a público uma exposição de documentos, comunicados, manuscritos, cartazes, fotografias, objectos pessoais e outros, relativos à LUAR antes do 25 de Abril, alguns dos quais usados no livro de Fernando Pereira Marques e outros inéditos. Uma parte importante será a exposição de materiais do espólio de Palma Inácio.

Facsimile, enviado aos bancos europeus, de uma das notas oriundas do assalto ao Banco de Portugal na Figueira da Foz em 1967.

Por volta das 18 – 18.30, no MIRA FORUM, Fernando Pereira Marques fará uma visita guiada à exposição, aberta ao público e à comunicação social.

*

PERMANÊNCIAS EM LISBOA E NO PORTO

EPHEMERA EM LISBOA NA

26 de março de 2016

Passado Agosto, as permanências na LER DEVAGAR vão-se estabilizar no horário habitual. Fora desse horário, se alguém precisar de entregar algum material, ou de qualquer outra informação ou contacto, envie-nos um email para ver se é possível marcar uma presença no espaço.O espaço é no interior da Livraria Ler Devagar na LX Factory.

TERÇA-FEIRA , 6 DE SETEMBRO, DAS 17 ÀS 19 HORAS.

QUINTA-FEIRA, 8 DE SETEMBRO DAS 17 ÀS 19 HORAS.

ZPPALDEF_6360_resize

Vitrina na LER DEVAGAR com materiais de propaganda das actuais eleições americanas. Pins de Trump,, Hillary Clinton,  Ted Cruz, Kasich, Bernie Sanders, e dos “third parties” como o Green Party, o Prohibition Party, o Socialist Workers Party, etc. Estes materiais e outros relacionados, incluindo panfletos, cartazes e objectos, servirão para fazer uma exposição na Escola Superior de Comunicação Social por iniciativa de Rui Simões, em Novembro.

*

EPHEMERA NO PORTO

Copy of 2 de agosto de 2016

O espaço é no edifício das Ciências de Comunicação da Universidade do Porto, ( Praça Coronel Pacheco, 15, 3º andar, sala 308 (ID+) e é gerido pelo ID+, Instituto de Investigação em Design Media e Cultura (UP e UA).

Esta semana, no âmbito das actividades previstas para o Porto no dia 9 de Setembro e como um grupo de Amigos e voluntários do EPHEMERA, que tem  trabalhado no espaço da LER DEVAGAR e em várias outras actividades, se vai deslocar ao Porto, aproveitamos para fazer uma permanência especial na

SEXTA-FEIRA, 9 DE SETEMBRO, DAS 15 ÀS 17 HORAS.

Far-se-á também um primeiro transporte de materiais  para organizar a exposição de Outubro  sobre as Lutas Estudantis na Universidade do Porto (anos 60-1974).

*

 TRANSCRIÇÕES – UM NOVO ASPECTO DO VOLUNTARIADO NO EPHEMERA 

A esmagadora maioria dos documentos que aqui divulgamos são imagens digitalizadas. Todas estão aqui classificadas por categorias e são organizadas em pastas, o que significa que alguma metadata está disponível para procuras, segundo critérios que também correspondem à parte física do ARQUIVO. Uma explicação rudimentar encontra-se na AJUDA-FAQ que precisa aliás de ser revista.

Porém, muito documentos únicos ou muito raros, de maior importância histórica, justificam ser transcritos para texto processado. Vários arquivos, mesmo de grande dimensão, têm utilizado o trabalho de voluntários que se oferecem para fazer essas transcrições que depois são validadas e publicadas junto com as imagens. Penso que no caso do EPHEMERA não faltarão voluntários quer para fazer a transcrição, quer para a indispensável tarefa de validar o texto final.

Iniciamos uma experiência deste tipo apelando aos Amigos do EPHEMERA para fazerem uma primeira transcrição, neste caso de uma carta manuscrita de Salazar que publicamos, junto com o recorte que estava apenso. Já recebemos os primeiros resultados e estamos a trabalhar numa versão final para publicação. Durante mais uma semana continuamos a trabalhar na carta de Salazar, passando depois para outros documentos.

Está em preparação um pequeno manual de regras para uniformizar as transcrições.

Veja-se

 

PARA TRANSCREVER

RELATÓRIOS DE HENRIQUE GALVÃO NUMA MISSÃO SECRETA A ESPANHA NO INÍCIO DA GUERRA CIVIL (AGOSTO DE 1936)

Dada a importância do documento para a história da guerra civil espanhola, resolveu-se autonomiza-lo, tanto mais que tem havido uma imediata resposta aos pedidos de transcrição, estando já as duas primeiras cartas-relatório transcritas, mas as outras não.

ENTRADAS NO ARQUIVO

DOSSIER SOBRE A LUTA CONTRA O DECRETO 40.900 (1956-7)

Scanner_20160902 (15)

Manifestação de 14 de Dezembro de 1956 em Coimbra.

Correspondências, comunicados, recortes, fotografias e outros materiais.

*

Entrou no ARQUIVO, por aquisição, uma colecção de centenas de recortes e caricaturas políticas, publicados na imprensa americana dos anos 60-70. A colecção é particularmente rica de caricaturas  e cartoons anti-Nixon.

*

PASTAS ENTRADAS:

RUY PESSOA D’ AMORIM – FOTOS

SINDICALISMO NOS BANCÁRIO – BNU (1) – PAPÉIS DE JOAQUIM MATOS

SINDICALISMO NOS BANCÁRIO – BNU (2) – PAPÉIS DE JOAQUIM MATOS

*

BIZARROS OU INCÓMODOS OU ANACRÓNICOS  OBJECTOS

ZPPALDEF_6336_resize

`*

AGRADECIMENTOS

Agradecimentos a José Moreira, José Pereira Miguel, Jorge Henriques, Miguel Baltazar, Mafalda Braz Teixeira, Maria Faustino,  e outros (em breve.)

*

DSCF3124

Agradeço a Sofia Pinto Ribeiro, uma Amiga, residente em Macau, e doadora (junto com a sua família) de materiais para o ARQUIVO,  que foi visitar a exposição, na Fundação Rui Cunha de Banda Desenhada de Macau e Hong Kong,  e enviou várias fotografias.

*

POR QUE É QUE A MEMÓRIA EPHEMERA É IMPORTANTE?

Recordam-se de ter visto no EPHEMERA este cartaz?

Copy of IMG_20160826_172050

Pois no Diário de Notícias da Madeira de hoje escreve-se:

2 de setembro de 2016

“O cartaz de grandes dimensões que o PS colocou recentemente na Avenida do Mar foi ontem retirado do local. A direcção do partido desconhece quem mandou retirar e não sabe para onde foi levado aquele painel com dimensões de 8×3 metros.
O cartaz foi colocado na Avenida do Mar, junto à Lota do Funchal, a meados de Agosto e ontem desapareceu misteriosamente.
O ‘outdoor’, conforme na altura informou o partido, seria o primeiro de muitos que “visam denunciar diversas promessas eleitorais de Miguel Albuquerque que até ao momento não foram cumpridas”. O primeiro desses cartazes, acrescentava a informação então divulgada pelo PS-M, era destinada à promessa por cumprir da ligação marítima entre a Madeira e o continente.
O cartaz tinha uma mensagem directa. Apresentava uma fotografia do navio da companhia Armas, rasgada ao meio, acompanhada de duas frases curtas: “Prometeram ligação marítima. Ficámos a ver navios”.
Fonte da direcção socialista adianta que além do cartaz, a própria estrutura metálica de suporte também foi retirada, o que é ainda mais estranho uma vez essa estrutura já lá estava desde a campanha para as eleições autárquicas de 2013.
O cartaz estava identificado com o logótipo do PS-Madeira e a estrutura metálica também.”

*

DICIONÁRIO DA ESQUERDA RADICAL (1960-1974)

Ver nota aqui.

MARIA JOSÉ ABRUNHOSA

(O MOVIMENTO ESTUDANTIL NO PORTO NOS ANOS 60-70 VISTO PELOS DESENHOS DE MARIA JOSÉ ABRUNHOSA)

  JÚLIO CARRAPATO (1947-2016)

COMISSÕES ANTI-ELEITORAIS (CAEs)

EDIÇÕES VANGUARDA

MUDANÇAS CULTURAIS:  AAFDL – POPOLOGIA (1968)

PUBLICAÇÕES PERIÓDICAS DA EXTREMA-ESQUERDA (1963-1974) – índice

Entradas novas: ACÇÃO POPULAR;  FRENTE,  A LUTA (CLCR – MEDICINA)

*

COISAS QUE INTERESSAM AO EPHEMERA

(Em breve.)

Seja o primeiro a comentar

Deixar uma resposta