MANUSCRITOS DE FERNANDO DINIZ AYALA E HENRIQUE GALVÃO

Agradeço a João Boaventura a oferta de diversos manuscritos – opereta e peças teatrais – escritas em coautoria pelo seu avô Fernando Diniz Ayala e Henrique Galvão.

Fernando Diniz Ayala nasceu a 1 de Novembro de 1891 e faleceu em Fevereiro de 1992, completando um século de vida. Entre 1903 e 1909 integra o Real Colégio Militar, de onde sai para ingressar na vida militar. Obtém diversas promoções: Alferes (1914), Tenente (1917), Capitão (1919), Major (1939), Tenente-Coronel (1943), Coronel (1946), Brigadeiro (1950) exercendo o cargo de Comandante Militar da Madeira.
Conhece Henrique Galvão, no início da década de 20 do século passado, quando ambos frequentam um curso sobre o método francês de educação física, em Joinville (França). A amizade que ali nasce perdura até à morte de Galvão. Em 1953, quando Galvão aguardava, na prisão, o julgamento por conspiração para derrubar o Governo é visitado por Ayala. Este acto impede que seja promovido a General. Em 1 de Novembro de 1953 é “obrigado” a passar à reserva e reformado em 1961.

Seja o primeiro a comentar

Leave a Reply